CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / SÃO PAULO

ACSP e FACESP criam instituição financeira para oferecer crédito a juros mais barato para 250 mil associados

Microempreendedores Individuais (MEIs), micro e pequenas empresas poderão obter empréstimo facilitado de até R$ 50 mil com taxa de juros a partir de 1,62% ao mês

04 de novembro de 2020 - 10:24

Foto: Pixabay

Com capital totalmente integralizado de R$ 50 milhões e mais R$ 25 milhões em processo de aprovação pelo Banco Central, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em parceria com a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), acaba de criar uma nova plataforma para atender os seus associados. A entidade vai lançou oficialmente na terça-feira (3/11) a ACCredito-Sociedade de Crédito Direto S.A., em reunião com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, realizada por videoconferência. Trata-se de uma instituição financeira constituída para atender exclusivamente os cerca de 250 mil filiados das associações comerciais no estado que precisam de crédito em condições mais apropriadas para fomentar seus negócios.

A crise econômica causada pelo novo coronavírus tem provocado o fechamento de milhares de lojas no Brasil. A ACSP, ao lado dos comerciantes há 125 anos, passa a oferecer linhas de crédito com juros mais baixos que o mercado, sem exigência de garantias físicas, sem burocracias, de maneira totalmente digital e com carência de pagamento de até seis meses para todos seus associados. A taxa de juros para a modalidade de capital de giro será a partir de 1,62% ao mês e os empréstimos, de até R $50 mil, são limitados a microempreendedores individuais (MEI) e micro e pequenas empresas que têm faturamento anual de até R $4,8 milhões.

“As micro e pequenas empresas têm historicamente enfrentado muitas dificuldades para obterem o crédito em condições mais adequadas junto ao sistema financeiro convencional. O surgimento das fintechs e mais recentemente das Sociedades de Crédito Direto tem descortinado novas opções para esses empreendedores, permitindo o acesso ao crédito de forma mais rápida, mais barata e mais simplificada”, disse Milton Luiz de Melo Santos, presidente da ACCredito. “O Banco Central tem tido um papel importantíssimo nesse processo, ao regulamentar esse novo tipo de instituição financeira totalmente digital, proporcionando uma maior concorrência no Sistema Financeiro do país”, emendou.

A ideia da ACSP de criar sua própria instituição financeira para ofertar crédito em condições mais facilitadas para seus filiados surgiu há alguns anos, mas foi colocada em prática após a crise provocada pela pandemia da Covid-19. O convite foi feito pelo presidente da Facesp, Alfredo Cotait, ao economista Milton Luiz de Melo Santos para que liderasse os trabalhos de estruturação e gestão da ACCredito, porque já tinha bastante experiência em comandar outras instituições financeiras do Brasil.

O executivo foi funcionário de carreira do Banco Central por mais de 30 anos e em sua trajetória profissional foi presidente do Banco de Crédito Real de Minas Gerais, diretor financeiro e presidente interino da Caixa Econômica Federal, diretor presidente da Nossa Caixa Nosso Banco e responsável pela criação da primeira Agência de Fomento do Estado de São Paulo, a Desenvolve SP. Mais recentemente, exerceu o cargo de secretário executivo da Fazenda e Planejamento do Estado de SP. “Este novo modelo de instituições financeiras 100% digitais traz uma dinâmica para o mercado de crédito no Brasil que, aliado às recentes iniciativas do Bacen (Banco Central do Brasil), com a entrada em funcionamento do PIX e do Open Banking, proporcionarão um ambiente muito mais favorável para o desenvolvimento dos negócios nesse segmento das micro e pequenas empresas” disse Milton.

Os associados da ACSP e das demais associações comerciais filiadas à Facesp que precisarem de crédito para fomentar seus negócios podem acessar o link https://accreditodigital.com.br/ ou https://www.accredito-scd.com.br/ e preencher o cadastro. O próprio sistema online vai verificar se o empresário é filiado e, caso não seja, direcioná-lo para o portal da associação comercial de sua cidade.

A liberação do dinheiro é feita em poucas horas após o aceite da instituição financeira. Se o aceite ocorrer na parte da tarde, dependendo do horário, pode ser que o crédito ocorra no dia seguinte.

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311