1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / HISTÓRIA

ACP lança livro em comemoração aos seus 200 anos

Intitulado “ACP – 200 anos ajudando a escrever a história do Pará”, a obra terá 285 páginas e ficará na história da entidade

24 de janeiro de 2020 - 16:16

A Associação Comercial do Pará (ACP) continua realizando eventos em comemoração aos seus 200 anos e no próximo dia 30, quinta-feira, lançará um livro, de 285 páginas e 81 icnografias (fotos, reproduções da Revista da Associação e de documentos, anúncios). O lançamento será no Salão Nobre da ACP, onde os autores dos artigos que compõem a obras vão autografá-la.  Além de congregar os associados, o lançamento será aberto ao público.

Entre as fotos, uma curiosidade chama atenção: a cadeira que foi usada em 1876 por D. Pedro II, ao visitar a sede da ACP. Com um acervo fabuloso de datas e acontecimentos, o livro ganhou título de “ACP – 200 anos ajudando a escrever a história do Pará”. É um painel, aos olhos dos dirigentes da associação, sobre o comércio, a indústria do estado do Pará, além de aspectos políticos, educacionais e administrativos até os dias de hoje.

O presidente da ACP, Clóvis Carneiro, é o autor do prefácio e de um dos artigos. O projeto editorial, coordenado por Oswaldo Mendes, membro benemérito do Conselho Superior da entidade, foi executado pelo jornalista Nélio Palheta, que se debruçou, entre fevereiro e outubro do ano passado, no arquivo da Associação e da Biblioteca Pública.

A Associação Comercial do Pará é a segunda instituição empresarial mais antiga do país (a primeira é a da Bahia). Foi fundada em três de abril de 1819 para organizar o fluxo de navios no porto de Belém, defender as atividades empresariais, os interesses do comércio, da indústria em geral; a agricultura, até que se criassem outras entidades do setor, era também representada pela Associação.  Na atualidade, outros segmentos, como o Turismo, Serviços, Educação são setores econômicos representados. Nascida com a nomenclatura de “Praça do Comércio”, a ACP  foi criada a exemplo de organização semelhante de Lisboa. Eram instituições que o império português estimulava também como instrumento de controle do Estado sobre a Economia. No Grão-Pará, não foi diferente.

“A obra, de caráter memorialístico, tem o objetivo de documentar e divulgar passagens marcantes da história da entidade a partir de registros pessoais de dirigentes da ACP, sobre fatos que vivemos no passado e no presente”, explica Clóvis Carneiro. Ao todo, 26 dirigentes assinam os artigos.

Serviço

O lançamento é aberto ao público.

Data: 30/1/2020

Local: Salão nobre da Sede da Associação Comercial (Av. Presidente Vargas, esquina da Rua Santo Antônio – Campina).

Horário: 19h

Obra: “ACP – 200 anos ajudando a escrever a história do Pará”

Organizador: Nélio Palheta

Projeto Gráfico: Augusto Neto

Capa: Mendes Comunicação

Páginas: 285

Impressão: Marques Editora (Gráfica Sagrada Família)

*Com informações da ACP

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311