CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / ACSP

Vice Hamilton Mourão afirma que Brasil deverá ter 150 milhões de vacinados até o fim de 2021

Declaração foi dada durante palestra comemorativa aos 126 anos da ACSP. Gestor também informa que os recursos públicos utilizados para pagar o Auxílio Emergencial, valor que tem ajudado a impulsionar as vendas no varejo, estão perto do fim

08 de dezembro de 2020 - 08:57

O vice-presidente da República, Antonio Hamilton Martins Mourão, afirmou, nesta segunda-feira (7), durante palestra em evento de comemoração aos 126 anos da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) realizada na sede da entidade, que o Brasil deverá ter cerca de 150 milhões de vacinados contra a Covid-19 até o fim de 2021. A distribuição das doses, segundo ele, começará a ocorrer em breve por todo território nacional. Um primeiro passo para que as pessoas possam voltar a viver normalmente, sem distanciamento social. O evento foi promovido pelo Conselho Político e Social (COPS) e contou com a participação dos senadores Heráclito Fortes e Jorge Bornhausen.

Mourão disse que o Governo lamenta as vítimas da doença, mas que o trabalho da medicina e dos gestores públicos de uma forma geral está sendo muito bom. “Falo de todos os governos; fizemos um trabalho fantástico”, acredita. O general declarou ainda que não existe segunda onda de coronavírus no País. “Nunca saímos da primeira; agora é apenas repique”, complementou.

Em relação ao Auxílio Emergencial, valor pago pelo Governo Federal para pessoas que perderam o emprego ou não conseguiram renda por conta da pandemia, Mourão diz achar muito difícil que a verba continue existindo. A ajuda foi um importante catalisador para as vendas do varejo neste período de crise econômica.

“Infelizmente, não há mais recursos públicos”, informou. Sobre o déficit nas contas, inclusive, o político falou que se nada for feito para conter esta sangria, o Governo não conseguirá se sustentar. “O Déficit e a produtividade estão no vermelho”, contou. “É preciso fazer uma reforma do Estado brasileiro que é grande e gasta mal”, opinou. “Temos de iniciar as privatizações programadas necessárias e equilibrar as contas para que as possamos transmitir mais segurança para os investidores. ”

Política internacional também foi tema da palestra. O vice-presidente Mourão disse que há uma evidente disputa de mercado entre China e Estados Unidos e que isso deve continuar mesmo com a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. “Não vai mudar nada; só a retórica que não será tão forte quanto era a do presidente Donald Trump”, ressaltou deixando a entender que o Brasil apenas observará, pois tem bom relacionamento com os dois países.

Amazônia – Hamilton Mourão falou que o Brasil está, sim, fiscalizando a Amazônia e que o desmatamento já caiu 44% desde julho deste ano comparado ao mesmo período de 2019. “Isto já é resultado de nossas ações de preservação ambiental”, declarou. O gestor refere-se à Operação Verde Brasil, uma iniciativa do Governo Federal que propõe multar quem desmata, além de disponibilizar equipes de combate a focos de incêndio na floresta.

Após a palestra, Mourão inaugurou o museu da Associação Comercial de São Paulo chamado de Espaço Lincoln da Cunha Pereira, uma homenagem ao ex-presidente da entidade falecido neste ano e que conta a história da associação, por meio de seus representantes históricos. A videoconferência foi transmitida ao vivo pelo Facebook e YouTube. Quem quiser assisti-la pode acessá-la pelos links https://www.facebook.com/associacaocomercialsp/videos/818151452341023 e https://www.youtube.com/watch?v=trGeokNYV_M.

As fotos do evento podem ser baixadas pelo link: https://www.flickr.com/photos/acsp_photos/

Fonte: ACSP

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311