CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / AL INVEST 5.0

União Europeia destina 10 milhões de euros para fomentar 25 mil empresas em toda a América Latina

Em edital lançado em março, o programa AL-Invest 5.0 selecionou 27 projetos que serão executados por 70 organizações empresariais em 16 países da América Latina

21 de julho de 2016 - 18:37
IMG-20160310-WA0040

Lançamento do Al Invest 5.0 ocorreu em março em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia

Os projetos foram selecionados entre 124 propostas recebidas na primeira convocatória de Fundos Concursáveis do AL-Invest 5.0, um programa de cooperação internacional da União Europeia que oferece 10 milhões de euros para impulsionar a produtividade das micro, pequenas e médias empresas (MPEs) em toda a região.

Com o propósito de apoiar o desenvolvimento das MPMEs de toda a América Latina, a Comissão Europeia lançou em 10 de março um edital para que entidades governamentais e empresariais sem fins lucrativos apresentassem propostas para receber o apoio financeiro da União Europeia.

Os projetos escolhidos receberão até 400 mil euros cada, para desenvolver atividades que promovam a produtividade empresarial em 25 mil MPMEs de 16 países latino-americanos. As propostas deverão iniciar suas atividades em setembro e terão entre 12 meses a dois anos de duração.

Financiado pela União Europeia, o programa AL-Invest 5.0 está sendo executado por um consórcio liderado pela Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo de Santa Cruz, Bolívia (CAINCO). No total, a UE atribui 25 milhões de euros para o programa AL-Invest 5.0 (durante quatro anos), 15 milhões através de fundos concursáveis e 10 milhões para fundos de execução direta pelo consórcio internacional do programa.

A Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) é a entidade representante do Brasil no consórcio do AL-Invest 5.0. Dentro do programa, a CACB investirá cerca de € 1,9 milhões – o equivalente a R$ 3,6 milhões – em apoio a mais de 1.300 MPMEs brasileiras, por meio de fundos de execução direta.

“Agora estamos  em Lima,  todos os membros do consórcio estão fazendo uma avaliação completa das 27 propostas, ajustando o necessário para a assinatura dos  contratos”, afirmou Daniel Velasco, gerente geral da CAINCO.

Os 27 projetos selecionados tem como principais atividades capacitação, criação de núcleos empresariais, participação e organização de feiras de produção, missões empresariais, internacionalização, implementação de métodos de melhoria contínua de execução e aumento de serviços de negócios.

Como parte do desenvolvimento do programa, será realizada uma segunda convocatória para os fundos concursáveis de € 5 milhões que será lançada na segunda quinzena de setembro.

Além da CACB, o consórcio executor do programa é composto também pela Câmara de Comércio da Costa Rica, Eurochambres (União Europeia), o Banco Interamericano de Desenvolvimento, a Câmara de Comércio de Lima, Câmara de Comércio de Paris, a Câmara Nacional de Comércio e Serviços do Uruguai, a Câmara de Comércio e Indústria de El Salvador, Sequa (Alemanha) e a Associação Guatemalteca de Exportadores e da Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo de Santa Cruz, coordenador parceiro programa. A este consórcio irão aderir as 70 entidades selecionadas.

Para mais informações e novidades: www.alinvest5.org.

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311