CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / 2º Simpósio Nacional de Varejo e Shopping - segundo dia

Retomada do Crescimento

Debates sobre a modernização trabalhista, internacionalização das marcas e superação da crise movimentam o segundo dia do Simpósio Nacional de Varejo e Shopping

02 de abril de 2017 - 18:41

A modernização trabalhista foi debatida no palco do 2º Simpósio Nacional de Varejo e Shopping, realizado pela Alshop em Punta del Este. O Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, juntou-se ao presidente da ANAMACO, Claudio Conz, e o da ABAD, Emerson Destro, para repercutir a recém aprovada lei da Terceirização. Também ouviu dos dois o pedido para avaliar a aprovação da Jornada de Trabalho Intermitente, pleito que a UNECS – União Nacional das Entidades de Comércio e Serviços – defende desde a sua formação. “A regulamentação da jornada intermitente é muito importante para o setor de comércio e serviços”, reiterou Destro.

O ministro disse que essa questão ainda não é um consenso, por isso é necessário estabelecer conversações a respeito – e, nesse sentido, a realização do Simpósio é um passo em direção ao diálogo.

A obrigatoriedade de contribuição sindical também foi debatida. Ao contrário do defendido pelo relator da reforma, Deputado Rogério Marinho, Nogueira afirmou ser favorável à contribuição “Não temos como pensar todos da mesma maneira. Estamos conversando”, disse o ministro. Na sua avaliação, a contribuição sindical deve ser obrigatória porque a organização sindical tem de ter uma estrutura para poder atuar. Essa opinião é compartilhada pelo presidente da União Geral dos Trabalhadores e presidente dos Comerciários de São Paulo, Ricardo Patah, que participou do almoço-debate na sexta-feira, 31. O Ministro avalia que é preciso haver “freios e contrapesos” na relação entre patrões e empregados, e o sindicato teria esse papel de “contrapeso”, representando os trabalhadores e intermediando importantes acordos.

 

Internacionalização, Crise e Ética

Em seguida, o Diretor de Franquias da Alshop, Ricardo Camargo, mediou um painel sobre a internacionalização das marcas e franquias brasileiras. Acompanhados de empresários da Argentina, Uruguai e do Brasil, ponderou que a América do Sul traz boas oportunidades de expansão para as marcas e empresas brasileiras. Fernando Perri, fundador da Vivenda do Camarão, falou sobre sua experiência mal sucedida nos EUA e alertou aos presentes para fazerem estudos completos antes de levarem sua marca para outros países.

Sergio Zimerman, da Petz, mediou o debate seguinte, composto por João Appolinário (Polishop), Iuri Miranda (Burger King) e Sebastião Bonfim (Centauro). Os empresários fugiram dos clichês ao contarem como vivenciaram e superaram a crise econômica. Treinamento e motivação constante das equipes de venda e atendimento, investimento em comunicação e a oferta de produtos e serviços realmente relevantes para os consumidores foram os tópicos abordados.

O ciclo de debates e palestras foi encerrado no horário do almoço. O Ministro do STF, Luiz Fux, subiu ao palco acompanhado do CEO da Riachuelo, Flavio Rocha. Eles debateram sobre a responsabilidade jurídica e como a operação Lava-Jato interfere no cotidiano das empresas do setor.

O Simpósio Nacional de Varejo e Shopping foi realizado no Conrad Punta del Este Casino e Resort. A segunda edição do evento organizado pela Alshop contou com a participação de mais de 250 empresários do varejo brasileiro e empreendedores de shopping centers.

Fonte: Assessoria de Imprensa Alshop

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311