CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Direto das Associações /

Prefeitura tem pressa para tudo, diz Marchezan na Federasul

22 de março de 2017 - 17:01

O déficit herdado pela atual gestão de Porto Alegre é o principal entrave enfrentado pelo prefeito Nelson Marchezan Jr. para fazer as transformações propostas durante a sua campanha eleitoral. Ao ser lembrado pela presidente da Federasul, Simone Leite, durante o “Tá na Mesa” desta quarta-feira (22/03), que Porto Alegre deve oferecer protagonismo aos empreendedores, o chefe do executivo disse que seu governo “é angustiado e tem pressa para tudo” e completou, afirmando que nenhum setor está abandonado e que é preciso apostar em Parcerias Público-Privadas (PPPs) em todas as áreas da administração municipal.

A luz vermelha nos cofres municipais projeta um déficit de R$ 750 milhões ao final de 2017. “Se tudo continuar como está não teremos como pagar quatro meses de salários”, disse o prefeito. Para evitar que os transtornos no caixa sejam maiores, a atual administração aposta em pesados ajustes.

A primeira medida adotada foi a reestruturação das secretarias, seguida da redução de 400 cargos comissionados, medida que deve gerar uma economia de R$ 50 bilhões ao ano. Outro ajuste é a diminuição do teto salarial de todos os servidores públicos municipais. “Ninguém vai ganhar mais do que o prefeito”, determinou Marchezan ao defender que todas as suas escolhas visam a otimização dos serviços públicos. Além disso estão sendo revistos todos os contratos de prestadores de serviço e fornecedores.

Na avaliação do prefeito, dentro de um ambiente caótico está a oportunidade das mudanças. Ao mesmo tempo pediu, um maior envolvimento e participação da sociedade civil nas decisões da cidade. “Temos que ter coragem de nos manifestar. Sociedade sem voz não tem representatividade”, pontuou.

Empreendedorismo

O prefeito afirmou aos empresários que para avançar nas transformações é preciso apostar nas Parcerias Público-Privada (PPPs). Ele também anunciou que será criado um ambiente mais atraente para o empreendedorismo das micros, pequenas e médias empresas com a simplificação dos processos para propiciar maior geração de renda e emprego. “Para pensar em segurança precisamos pensar em gerar empregos”, disse.

Ensino

Do Paço Municipal também foram definidas as mudanças no ensino, que conforme as afirmações de Marchezan devem resultar mais tempo das crianças nas escolas e longe da criminalidade. “Todas as comunidades escolares foram convidadas para dialogar sobre as alterações. O resto é baderna”, sentenciou.

Transporte

O prefeito quer inovar no transporte público da cidade para aumentar a arrecadação e a utilização das linhas com a implantação do pagamento da passagem com cartão de crédito ou débito e o reconhecimento facial dos passageiros para evitar fraudes. Os veículos também devem ganhar GPS para oferecer previsibilidade, segurança e conforto ao usuário, dando à prefeitura o monitoramento das despesas e receitas no transporte público.

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311