1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / Unecs

Unecs define sete pautas prioritárias para o desenvolvimento do setor de comércios e serviços do Brasil

O jornal Correio Braziliense publica, na edição desta quinta (01/12), um caderno especial sobre os meios de pagamento e, nele, um anúncio com as pautas prioritárias.

01 de dezembro de 2016 - 12:24

cartao_credito_debito

A União Nacional de Entidades de Comércio e Serviço (Unecs) estabeleceu sete pautas por um Brasil competitivo, produtivo e com mais empregos, após encontro com representantes e lideranças do setor financeiro e de comércio e serviços, parlamentares, economistas, na última semana.

As pautas são: o aumento da concorrência nos meios de pagamentos, a regulamentação do trabalho intermitente, a reforma previdenciária, a simplificação tributaria, a evolução da política de crédito, a aprovação da terceirização e o engajamento com o plano diretor dos municípios.

A maior competição dos meios de pagamentos foi uma questão central durante o debate.  De acordo com os dados do Banco BNP Paribas, o Brasil é terceiro país que mais realizou transações com cartão de crédito e outros meios de pagamento além da moeda física. O país ficou atrás apenas dos Estados Unidos e do bloco europeu que utiliza o euro.

Representantes de entidades comerciais e o deputado federal Herculano Passos no debate promovido pela Unecs e pelo jornal Correio Braziliense

Representantes de entidades comerciais e o deputado federal Herculano Passos no debate promovido pela Unecs e pelo jornal Correio Braziliense

Para o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e diretor da Unecs, Paulo Solmucci, o lojista brasileiro acaba emprestando dinheiro para os bancos devido às altas taxas de juros. “A UNECS está determinada a mudar isso, precisamos que alguma coisa seja feita. Se não é possível acabar com a verticalização, é necessário um termo de ajuste de conduta que coloque algum limite. Precisamos mudar essa realidade no Brasil o mais rapidamente possível”.

 

FONTE: CORREIO BRAZILIENSE

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311