1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Mulheres empreendedoras ganham menos que homens, mas diferença diminui com nível superior

No nível de escolaridade “ensino superior”, os homens têm um rendimento 36% maior do que as mulheres, enquanto no nível “ensino médio”, a diferença chega a 53%

06 de março de 2020 - 09:54

Estudo realizado pelo Sebrae, a partir de cruzamento de pesquisas sobre o empreendedorismo, mostra que, no primeiro trimestre de 2019, o rendimento médio dos homens supera o das mulheres em todos os níveis de escolaridade, mas a diferença de remuneração diminui à medida que as mulheres alcançam o nível superior.

No nível de escolaridade “ensino superior”, os homens têm um rendimento 36% maior do que as mulheres. Enquanto eles recebem R$ 5.228, as mulheres têm um rendimento médio de R$ 3.840. Comparando o nível de escolaridade “ensino médio”, a diferença é a maior entre todas as faixas, pois os homens chegam a ganhar 53% a mais que as mulheres, sendo um rendimento médio para elas em torno de R$ 1.586 e para eles de R$ 2.421.

Já no ensino fundamental, os homens têm um rendimento médio de R$1.638, enquanto as mulheres recebem R$1.102, ou seja, eles ganham 49% a mais. Por fim, para os empreendedores “Sem Instrução”, a diferença de rendimentos ficou em 28%. Nesta faixa, os homens receberam em média R$ 827 e as mulheres tiveram uma remuneração de R$ 647.

Para o presidente do Sebrae, Carlos Melles, as questões culturais são encaradas como um dos principais desafios para mulheres no ambiente dos negócios. “Quando homens e mulheres superarem as crenças limitantes e os estereótipos culturais, equiparando responsabilidades em casa e na empresa, as empreendedoras terão mais chances de prosperar não só nas empresas, mas em suas vidas em sociedade”, destacou.

Mulheres em Destaque

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Sebrae preparou para o mês de março uma série de atividades para destacar a força da mulher empreendedora. Um dos destaques é o lançamento de um espaço exclusivo dentro do Portal Sebrae para o empreendedorismo feminino.

Além de inspirar mulheres a empreender de forma sustentável, a nova página vai funcionar como uma porta de entrada para os serviços e soluções oferecidos pelo Sebrae. São diversos conteúdos, como artigos sobre empreendedorismo feminino, dicas e informações sobre os projetos do Sebrae voltados para mulheres que sonham em empreender ou já possuem uma empresa. O espaço também vai incentivar mulheres a compartilhar histórias de superação no mundo dos negócios.

De acordo com coordenadora nacional de projetos de empreendedorismo feminino do Sebrae, Renata Malheiros, a criação da página foi pensada justamente para reforçar a importância de políticas de sensibilização e de tomada de consciência para mulheres. “As mulheres enfrentam mais desafios para se tornarem donas de seus próprios negócios e há muito desconhecimento das dificuldades enfrentadas. Existe uma questão cultural que influencia muito e é preciso reforçar constantemente esse discurso que as mulheres são capazes de empreender”, destacou.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311