1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / COMEX

Facisc e ACIC Chapecó articulam comércio bilateral entre Brasil e Holanda

Entidades realizaram um encontro com o objetivo de conhecer as potencialidades de cada país

25 de fevereiro de 2019 - 10:01

A Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) e a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) promoveram, na última quinta-feira (21), uma reunião de trabalho, em Chapecó, com o Escritório Holandês de Apoio aos Negócios. O objetivo foi conhecer as potencialidades de cada país e discutir oportunidades comerciais bilaterais entre o Brasil e a Holanda. Participaram do encontro empresários e integrantes do Núcleo de Comércio Exterior e Logística Internacional de Chapecó e de Concórdia.

O presidente da Facisc, Jonny Zulauf, destacou a expertise da Holanda e a importância do estreitamento de relações entre os países. “O que aconteceu em Chapecó com esse grupo de empresários interessados no comércio bilateral é marcante porque recebemos uma delegação da Holanda com toda a possibilidade de estreitar relações nas áreas tecnológica e produtiva. Vale para o Brasil, mas naturalmente nosso interesse é regional. Inclusive, já se estabeleceram alguns programas de como fazer esse estreitamento de relação, uma oportunidade importante que a Acic está dando para os empresários da cidade e região”.

Os setores de destaque da Holanda são a agricultura, o país é campeão na produção sustentável por metro quadrado e é o segundo maior exportador de produtos agrícolas do mundo; a logística, com transporte marítimo e aéreo que englobam os maiores aeroportos e portos da Europa; a energia, com soluções inovadoras e sustentáveis que oferecem opções que garantem maior eficiência, melhor rendimento e diversificação de matrizes energéticas; e também se destaca no uso da água. Por ter parte de seu território abaixo do nível do mar, a história da Holanda gira em torno do controle e gerenciamento de água.

Segundo o representante chefe de Porto Alegre do Escritório Holandês de Apoio aos Negócios, Richard Posma, o país é pequeno e precisa trocar informações e tecnologias para sobreviver. No encontro, foram apresentados dados econômicos de Chapecó e da Holanda. “Eu já sabia das potencialidades do município e a intenção foi conhecer as necessidades da região para trabalharmos nas cooperações e nos desenvolvermos juntos. As perguntas feitas pelos empresários às vezes tiram mais dúvidas que uma pesquisa na internet e nos dão a melhor direção de atuação para chegarmos ao apoio que gostaríamos de dar. Temos nossos especialistas no Brasil, mas também uma rede com 23 escritórios pelo mundo que podem contribuir com as demandas da região”.

De acordo com o diretor de Relações Internacionais e Comex da Acic, Milvo Zancanaro, a reunião foi produtiva. “Conseguimos uma aproximação com o Escritório da Holanda para fazer uma troca de conhecimentos e tecnologias, trazendo para a região de Chapecó a expertise deles, um país tão pequeno que é o maior exportador da Europa. Já temos grupos com encaminhamentos para o comércio bilateral na área de energias renováveis”.

A Holanda também é destaque na tecnologia. O setor é conhecido internacionalmente pela invenção do Wi-Fi, CD, DVD, discos Blu-ray e o Bluetooth. No mundo, 90% dos chips de silício utilizam tecnologia holandesa. É um dos líderes mundiais no desenvolvimento de novas tecnologias e materiais para a indústria aeronáutica, médica, entre outras. O País ocupa o segundo lugar no Índice de Inovação Global de 2018 (GII). Também se destaca na educação: 12 universidades holandesas estão entre as 200 melhores do mundo, com excelência em ensino superior.

Fonte: Acic

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311