1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / MPEs

Empreender Internacional fortalece entidades empresariais fora do Brasil

Projeto teve como objetivo a implementação da metodologia do Empreender em diversos países da América Latina, com foco no fortalecimento das MPEs dos países selecionados e no estreitamento das relações com as entidades empresariais

20 de abril de 2018 - 12:21

Atualmente, o programa AL-Invest 5.0 é um dos projetos internacionais desenvolvidos pela Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB) com foco no crescimento das micro e pequenas empresas do país e na consolidação de núcleos setoriais do Programa Empreender.

O AL-Invest é o maior programa de cooperação internacional da União Europeia para o setor produtivo da América Latina, executado por um consórcio formado pela CACB e outras seis entidades, cujo objetivo é combater a pobreza e chegar a 18 países. Para tanto, são investidos recursos em ações que ajudem empresários a melhorar a produtividade e a competitividade, limitados a 50% do valor da atividade prevista. A diferença financeira deve ser bancada pela entidade proponente, como contrapartida. Ou seja, o AL-Invest paga metade, favorecendo a realização de projetos voltados para fortalecer o pequeno negócio.

Já o Empreender é um programa da CACB, com apoio do Sebrae, que estimula o associativismo, reunindo empresas de um mesmo segmento em núcleos setoriais vinculados a uma entidade empresarial e nos quais os empresários brasileiros buscam soluções coletivas para problemas comuns, com orientação de um consultor.

O Empreender funciona no Brasil há mais de 20 anos e a experiência bem sucedida acabou sendo levada para outros países e resultou em projetos com entidades internacionais, como a Sequa, da Alemanha, especialista na metodologia de núcleos. O resultado mais recente desse sucesso se reflete na parceria com a União Europeia, no AL-Invest.

Pioneirismo do Empreender Internacional

Graças aos resultados obtidos no Brasil com o programa Empreender, a CACB e o Sebrae promoveram, no período de 2007 a 2009, um projeto inovador: o Empreender Internacional. Teve como objetivo a implementação da metodologia do Empreender em diversos países da América Latina, com foco no fortalecimento das MPEs dos países selecionados e no estreitamento das relações com as entidades empresariais.

Os pioneiros no projeto foram Bolívia, Colômbia e Peru. O vice-presidente da MPE da CACB, Luis Carlos Furtado, fez visitas às entidades empresariais dos três países. Ele conta que, em algumas delas, a cultura de associativismo já era presente, como no caso da Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo de Santa Cruz (Cainco), da Bolívia, atual líder do consórcio executor do AL-Invest 5.0. Nos demais países, porém, foi necessário um esforço maior para enfatizar a importância da parceria.

O vice-presidente destacou, também, a importância do contato com os empreendedores locais: “Houve uma interação muito grande com os empresários, principalmente os de fronteira. Acreditar nesse projeto vitorioso, que é o Empreender, nos proporcionou a expansão do uso da nossa metodologia e o surgimento de muitas amizades na América Latina”, conclui.

Além da parte técnica, a credibilidade da CACB no cenário internacional cresceu. Furtado reforça: “Hoje, temos a responsabilidade de coordenar o AL-Invest no Brasil em função do trabalho que foi iniciado lá atrás”.

O ex-diretor técnico do Sebrae, responsável pela implementação do Empreender Internacional na época, Carlos Alberto dos Santos, elogia os frutos do trabalho realizado: “É sempre muito bom ver o que é feito com muito esforço, perseverança, profissionalismo e engajamento dar resultados tão positivos”, comemora.

Futuro cosmopolita

Outro país que recebeu a metodologia do Empreender de forma eficiente foi o Timor Leste. Mais de mil micro e pequenas empresas desse jovem país asiático foram beneficiadas em 7 anos de programa, com a orientação da ex-coordenadora do Empreender no Maranhão, Maria da Penha Pacífico, que comandou a consultoria de empreendedorismo à Câmara de Comércio e às entidades empresariais locais.

Segundo Carlos Rezende, coordenador executivo da CACB e coordenador nacional do Empreender, a CACB avalia a possibilidade de apoiar outras ações nesse e em outros países, através da identificação de parceiros que possam apoiar financeiramente o desenvolvimento de tais atividades. “A expertise da CACB em iniciativas de fortalecimento das empresas, por meio de núcleos setoriais, e das entidades empresariais, bem como no desenvolvimento local, será um diferencial para estreitar relações e ajudar nesse processo”.

Por Joana de Albuquerque e Katiuscia Sotomayor – Assessoria de Comunicação do Empreender/AL-Invest 5.0

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Neusa Galli Fróes
    Froés berlato associadas

    Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • neusa@froesberlato.com.br
    Telefones:
    (51) 3388 6847 / (51) 9123 6847

    E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311