1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / Varejo

Comércio varejista fecha janeiro com queda de 18,4% nas vendas, informa Associação Comercial de SP

02 de fevereiro de 2016 - 14:28

O Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) referente a janeiro revela uma queda média de 18,4% no movimento de vendas na capital paulista em relação a janeiro de 2015.
Isoladamente, houve recuos de 17,7% nas transações a prazo e de 19,1% nas vendas à vista. Segundo o presidente da ACSP, Alencar Burti, esses números representam um aprofundamento da crise que afeta o setor.
“São vários os fatores que têm prejudicado o varejo, mas é importante destacar a crise política e institucional, que magnifica os efeitos da economia e derruba, cada vez mais, a confiança do consumidor e do empresário”, analisa Burti, que também preside a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).
É importante destacar que janeiro de 2016 teve um dia útil a menos em relação a janeiro de 2015 e a dezembro de 2015, o que também contribuiu para quedas acentuadas das vendas.
De acordo com Burti, o desempenho das vendas a prazo foi influenciado pelo aumento dos juros, pela restrição ao crédito e pela queda da confiança, além da alta do dólar, impactando os produtos importados – ou confeccionados a partir de componentes importados. Outro fator foi o fim dos estímulos fiscais ao setor de informática.
Já as vendas à vista foram prejudicadas pela queda da massa salarial, que limitou o consumo das famílias, e pelo câmbio, já que muitos itens de menor valor e comprados à vista – como os de vestuário – são importados.
“Janeiro e, sobretudo, fevereiro, são tipicamente meses de baixa para o varejo da cidade, que sofre com o êxodo dos paulistanos por conta de férias e Carnaval. Por isso, o empresário precisa planejar suas vendas com cuidado e evitar estoques”, diz Burti.
Comparação mensal
Frente a dezembro – o melhor mês para o comércio varejista – o movimento de vendas no varejo sofreu influência sazonal e caiu 39,1% na média. Os recuos foram de 30,5% nas transações a prazo e de 47,7% nas vendas à vista.
O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal da ACSP com base em amostra fornecida pela Boa Vista Serviços.]

Fonte: ACSP

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Neusa Galli Fróes
    Froés berlato associadas

    Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • neusa@froesberlato.com.br
    Telefones:
    (51) 3388 6847 / (51) 9123 6847

    E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311