1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / BAHIA

ACB comemora 208 anos de fundação e novos dirigentes são empossados para biênio 2019/21

Com três mulheres empossadas, a nova diretoria executiva é a com maior representação feminina ao longo dos 208 anos da entidade

17 de julho de 2019 - 10:18

Com o seu salão nobre completamente lotado, a Associação Comercial da Bahia (ACB) realizou na segunda-feira (15) uma cerimônia para comemorar os 208 anos de sua fundação, em noite que marcou também a posse da nova diretoria da entidade. O empresário Mário Dantas foi eleito para o biênio 2019/2021, e irá suceder Adary Oliveira no cargo.

O evento foi prestigiado por autoridades políticas, militares e jurídicas, empresários, acadêmicos e jornalistas, dentre os quais, o vice-governador da Bahia, João Leão, o prefeito de Salvador, ACM Neto, o vice-prefeito, Bruno Reis, o presidente da Câmara dos Vereadores, Geraldo Júnior, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado a Bahia (Alba), Nelson Leal, e o presidente da Confederação Nacional da Agricultura, João Martins da Silva Junior.

Na ocasião, também foram empossados os novos membros do Conselho Superior da ACB, sob a presidência do também empresário Wilson Galvão Andrade.

Durante o discurso de posse, o novo presidente convocou diretores e associados a “jogar como um time, unidos e coesos, independente da nomenclatura dos cargos”. “Nós vamos criar comissões temáticas que elaborarão proposições com o intuito de melhorar o ambiente empresarial na nossa cidade e no nosso estado. Nós não faremos a crítica pela crítica, não apresentaremos problemas dissociados de alternativas e soluções. Sempre apresentaremos as soluções”, destacou Mário Dantas.

Ao aceitar presidir a entidade de representação empresarial mais antiga das Américas, Mário Dantas destacou que está assumindo um grande desafio. “É uma honra muito grande para nós. Enquanto entidade empresarial mais antiga das Américas, o desafio é redinamizar a casa, além de retomar o seu brilho e protagonismo no estado”, disse o novo presidente.

A mesa diretora contará também com os vice-presidentes Carlos Henrique Jorge Gantois, Marcos Galrão Cidreira, Paulo Sérgio Costa Pinto Cavalcante, Rosemma Maluf e Teobaldo Costa, além de Carlos Sérgio Sampaio Falcão, Ricardo Luzbel (1º e 2º Secretários, respectivamente), Maria Constança Carneiro Galvão e Ana Ferraz Coelho (1ª e 2ª Tesoureiras, respectivamente).

Prestígio e Representatividade

Para o prefeito ACM Neto, a ACB é a entidade que “melhor representa a força empresarial do estado”. “Mário é alguém que demonstra grande vocação para a vida pública. E eu sei que os empresários da Bahia agora depositam sua confiança nessa nova diretoria”, comentou.

O vice-governador da Bahia, João Leão, destacou a importância do trabalho em parceria entre a ACB, o governo do estado e a prefeitura de municipal, que pode criar um cenário muito mais favorável para a economia e a sociedade. “A Associação Comercial da Bahia é um orgulho para o estado. E o governo do estado quer realmente ajudar a ACB em tudo aquilo que for possível”, disse Leão.

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia também desejou sucesso aos novos dirigentes e comentou a parceria entre as entidades. “São novas lideranças do empresariado baiano, de natureza renovadora, que assumem uma instituição bicentenária, que sempre teve participação ativa em um Estado em que o setor de comércio e de serviços tem peso relevante na economia. Espero que possamos, a Assembleia Legislativa e a Associação Comercial, discutir os rumos da nossa economia, para que possamos sair dessa crise econômica que nos atormenta há cinco anos. Muito sucesso à nova diretoria”, disse Nelson Leal.

Antonio Carlos Magalhães Júnior, presidente da Rede Bahia e conselheiro da ACB, afirmou que o novo Conselho assume a gestão em um momento de “esperança de resgate da economia”. “A ACB é uma entidade que tem uma história de extrema importância. Junto com os empresários, com a votação da Reforma da Previdência, há a tentativa de reativar a economia, o que pode dar uma ajuda ao empresariado baiano”, pontuou.

Presidente da ACB entre 1981 e 1985, Wilson Andrade, que assume agora a presidência do Conselho Superior, destacou a importância do associativismo empresarial. “A presença e o interesse demonstrado por todos os que aqui estão, empresários, profissionais liberais e cidadãos, ratifica o nosso pensamento de que a convivência nas nossas entidades empresariais, não só permite-nos contribuir com os nossos setores de atividade, mas permite-nos contribuir também, com o crescimento e o desenvolvimento do estado, através do diálogo com os governantes, da troca de experiências, da apresentação de propostas, da busca conjunta por alternativas para a superação de desafios comuns e da criação e exploração de novas oportunidades”, pontuou.

Representatividade feminina

Com três mulheres empossadas na noite de 15 de julho de 2019, a nova diretoria executiva é a com maior representação feminina ao longo dos 208 anos da entidade. Uma das novas lideranças femininas é a publicitária Ana Coelho, que se referiu ao cargo como uma conquista que representa a “luta diária das mulheres por espaços diversos”. “Fico muito feliz e, para mim, representa muito porque eu acredito que se a gente luta, precisamos estar dispostas a ocupar esses lugares porque nós, mulheres, podemos, sim, sermos mães, trabalhadoras e empresárias que contribuem e fazem a diferença”, comemorou Ana, que concilia, ainda, a amamentação do filho de 4 meses, com a presidência da Associação Baiana do Mercado Publicitário (ABMP), primeira vez presidida por uma mulher.

Novo presidente

O empresário Mário Correia Dantas de Carvalho, aos 48 anos de idade, se tornou o segundo presidente mais jovem da Associação Comercial da Bahia. Graduado pela Universidade Salvador (Unifacs), com pós-graduações em Operações Estruturadas e Finanças Coorporativas e Mercados Financeiros e de Capitais, realizadas na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo.

Atual presidente do Grupo de Líderes Empresariais da Bahia (Lide-Ba), Mário também tem passagens pelo Grupo Odebrecht e, há mais de 20 anos, é diretor da Construtora NM, também na Bahia. Mário defende a ACB enquanto uma instituição “multisetorial e transversal”.

Fonte: ACB

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311