1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / FACESP

Programa Empreender é referência para a União Europeia

Carlos Rezende, coordenador nacional do Empreender, afirma que ps europeus têm vindo buscar cada vez mais informações sobre a metodologia

05 de novembro de 2019 - 11:31

O Programa Empreender, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais das Associações Comerciais (ACs), tem se tornado referência de desenvolvimento empresarial para a União Europeia. Representantes e missões de diversos países do continente europeu têm visitado o Brasil para conhecer os casos de sucesso formados nas ACs.

Carlos Rezende, coordenador nacional do Programa Empreender da Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB), disse que a Europa tem vindo buscar cada vez mais informações sobre esta metodologia em que os empresários discutem os problemas e buscam soluções conjuntas.

“O programa funciona há mais de 20 anos, tendo atendido aproximadamente 70 mil empresas em todas as unidades federativas, e já foi premiado internacionalmente como um dos melhores projetos para o desenvolvimento de micro e pequenas empresas”, contou Rezende, durante a Rodada de sucessos do Empreender Competitivo e Networking, realizada no 19º Congresso da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), em Atibaia.

Nos núcleos, os empresários, com o apoio de um consultor, cujo papel principal é o de moderar as reuniões, discutem problemas comuns e buscam soluções conjuntas. O diferencial é que no Empreender as soluções são apontadas e executadas pelos próprios empresários.

O coordenador estadual do Empreender da Facesp, Nelson Andujar, afirmou que os empresários de São Paulo encontraram uma maneira de unir forças e, assim, encontrar soluções mais rápidas e com menores custos. “Não existe um problema único, inédito. Se há algum obstáculo, ele, com certeza, já foi superado por alguém e é esse associativismo que faz do Empreender uma ferramenta de tanto sucesso”, afirmou.

E se o Empreender passa a ser referência até mesmo para países desenvolvidos, muito se deve ao trabalho do Sebrae. Rodrigo Mattos do Carmo, gerente da unidade setorial do Sebrae-SP, destaca que o programa será ampliado e os núcleos criados receberão todo apoio necessário. “O que reflete com fidelidade o espírito do Programa é a forma de associativismo que ele propõe. Por ela, ninguém é obrigado a participar de um núcleo setorial. O convencimento vem pela nova visão de parceria, na qual o concorrente, longe de ser um competidor, é um cooperador de seu concorrente. E ainda com um diferencial: todos ganham”, finalizou.

Fonte: Facesp

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311