1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / PL 441/2017

Faciap envia ofício a ACEs pedindo que pressionem deputados por aprovação do Cadastro Positivo (CP)

Segundo a entidade, medida vai proporcionar inclusão financeira da população e impulsionar a economia

07 de maio de 2018 - 11:25

A Federação das Associações Comerciais do Paraná (Faciap) enviou ofício a todas as associações comerciais para que pressionem os deputados federais paranaenses a votarem a favor do projeto de lei que trata do Cadastro Positivo (CP)- PL 441/2017. Para a federação, o cadastro irá proporcionar inclusão financeira da população e impulsionar a economia.

Leia a nota da Faciap na íntegra:

A FACIAP – Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná, entidade cinquentenária, com representatividade da classe empresarial em mais de 295 municípios do Estado do Paraná e com aproximadas 60 mil empresas associadas, vem respeitosamente pedir seu VOTO SIM ao PLP 441/2017, que trata do Cadastro Positivo e que será votado na próxima terça (08). O entendimento dos países que adotaram o Cadastro Positivo é que o crédito, por si só, é um bem público. Se todos o usarem bem, a sua manutenção e o custo de aquisição permanecerão baixos. Porém, se for usado de maneira inadequada, os juros sobem e todos pagarão por isso. Abaixo, seguem as razões para apoio a esse projeto:

– O novo Cadastro Positivo com inclusão automática vai expandir a oferta de crédito porque irá gerar maior competitividade entre os credores. Aqueles que possuem bom histórico financeiro terão boas notas e maior oferta de crédito, portanto a negativação não será mais a protagonista na análise de risco de crédito;

– O sigilo bancário está garantido, pois apenas a nota de crédito (score) será disponibilizada e o consumidor é quem autoriza a abertura de suas informações ao credor;

– Com riscos menores, os credores poderão ofertar crédito a taxas mais justas, o que irá diminuir a inadimplência, que hoje atinge mais de 60 milhões de brasileiros;

– Somente os bureaus de crédito autorizados pelo Banco Central receberão informações que serão utilizadas exclusivamente para avaliação de crédito, informações essas, vindas de instituições financeiras e prestadores de serviços como água, luz, gás e telefone;

– O tomador de crédito (pessoa física ou jurídica) que não quiser fazer parte do cadastro poderá pedir sua exclusão a qualquer momento, de múltiplas formas;

– Todas as instituições que integram o CP, como os gestores do banco de dados, fornecedores da informação e quem consulta, operarão conforme o Código de Defesa do Consumidor;

– O Cadastro Positivo é uma iniciativa apoiada pelo Banco Central e pelo Ministério da Fazenda com o objetivo da inclusão financeira da população, impulsionando a economia.

Fonte: Faciap

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Neusa Galli Fróes
    Froés berlato associadas

    Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • neusa@froesberlato.com.br
    Telefones:
    (51) 3388 6847 / (51) 9123 6847

    E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311