1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / MP 936/20

CACB vai acionar STF para pedir revisão da decisão de Lewandowski

Medida inviabiliza a MP 936 e dá insegurança jurídica a empregados e empregadores

07 de abril de 2020 - 15:32

Ricardo Lewandowski. Foto: Nelson Jr/SCO/STF

A Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) vai acionar o STF pedindo revisão da decisão do ministro Ricardo Lewandowski que determina que os acordos individuais previstos na MP 936/20, criada para amenizar a crise causada pela pandemia da Covid-19 e que permite a suspensão do contrato de trabalho ou a redução de jornadas e salários, só valerão com o aval dos sindicatos.

De acordo com a liminar – que é ad referendum da Corte, ou seja, será julgada pelo colegiado do STF -, empresa e empregado só poderão firmar o acordo se, após 10 dias da comunicação da decisão ao sindicato, este último não se manifestar.

A decisão atendeu a um pedido do partido Rede Solidariedade, inviabilizando a MP, dando insegurança jurídica e colocando em risco milhões de empregos e empresas que poderiam ser salvos com a medida. Em 6 dias de validade da MP, mais de 7 mil acordos foram registrados no Ministério da Economia.

Diante do cenário assustador para o comércio, os empregos e a economia brasileira, a Assessoria Jurídica da CACB está trabalhando em uma petição de “amicus curiae” (amigo da corte) para pedir a revisão da medida.

É importante destacar que a CACB tem a legitimidade processual para atuar como “amicus curiae”, sendo qualquer entidade pode postular isto perante o STF, desde que comprove os requisitos legais.

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311