Imprensa
PROJETO

Regras para participação na nova edição do Empreender serão divulgadas ainda este mês

Objetivo do projeto, executado em parceria entre a CACB e o Sebrae, é melhorar o ambiente de negócios das micro e pequenas empresas brasileiras, por meio das entidades empresariais

7 de abril de 2022 às 10:04

Representantes do Sistema CACB e do Sebrae se reuniram nesta quarta-feira (06) para um primeiro contato de alinhamento para a execução da nova edição do Programa Empreender, que inicia este mês e vai até 2024.

De acordo com o superintendente da CACB e coordenador do Empreender, Carlos Rezende, o objetivo da nova edição é melhorar o ambiente de negócios das micro e pequenas empresas brasileiras, por meio das entidades empresariais.

De maneira mais específica, explicou ele, o projeto vai se dividir em três grandes eixos, que pretendem melhorar a a representatividade das entidades, fortalecer as MPEs por meio do associativismo e melhorar a competitividade dos pequenos negócios.

“A ideia é de que até fevereiro de 2024 nós tenhamos 9400 empresas nucleadas. Além e fazer com que 70% dos negócios atendidos aumentem a qualidade dos seus produtos e serviços e a sua produtividade”, destacou Rezende.

Há nas metas, ainda, a criação ou apoio a 730 núcleos setoriais, 4800 atendimentos, 2400 empresas atendidas, e 65 projetos de federações ou associações comerciais das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O gerente de Competitividade do Sebrae, Cesar Rissete, destacou a importância deste trabalho conjunto realizado em torno do projeto. “A expectativa é de que tenhamos uma maior inserção do Empreender nas entidades empresariais, unindo forças para melhorar a competitividade e o posicionamento das nossas empresas aproveitando aquilo que a CACB e o Sebrae têm muito forte: capilaridade e representatividade”, pontuou.

Ele citou ainda alguns pontos que devem ganhar destaque nesta nova edição do projeto, como o serviço de resolução de conflitos por meios extrajudiciais, o que, para ele, deve ajudar diversos empresários a se recuperarem da crise ao negociarem suas dívidas com seus credores, evitando medidas judiciais que atrapalhem a gestão dos seus negócios.

“A definição dos núcleos será feita em conjunto entre as entidades ligadas à CACB e os Sebraes estaduais, para evitar que haja conflitos entre o Empreender e projetos que já são executados por eles”, explica Patrícia Mayana, analista da Unidade de Competitividade do Sebrae, que se colocou à disposição para ajudar nessas articulações.

Ainda de acordo com Rezende, as condições para participação no projeto serão apresentadas ainda em abril e o processo, diferente de como acontecia nas edições anteriores, ficará aberto até que os recursos cessem.

Para participar, além de apresentarem um projeto técnico bem estruturado, as proponentes devem comprovar, por meio de uma declaração emitida pelo Sebrae do estado, a ausência de qualquer pendência junto à entidade. “Ainda, sabe-se que muitos empresários e entidades têm ideias muito boas, mas muita dificuldade de pô-las no papel. Por isso, prevê-se o apoio para a construção dos projetos a partir de um esboço avaliado como viável”, completou.

AL-Invest Verde

Lançado oficialmente na semana passada, em evento realizado em Brasília, o AL-Invest verde deve seguir os passos da edição anterior e atender núcleos setoriais do Empreender que tenham propostas em sinergia com as exigências da União Europeia para o recebimento de recursos do projeto.

Clique aqui e acesse o edital do AL-Invest Verde.

Serviços

Outro destaque do encontro, a oferta de produtos e serviços que possam fortalecer as associações comerciais também estão nos objetivos do Empreender, mas não apenas. Segundo Rezende, irrigar o sistema nesse sentido é prioridade para o presidente da CACB, Alfredo Cotait Neto.

“Estamos estruturando uma gama de serviços para levar às nossas entidades, não apenas para dar sustentabilidade financeira a elas, mas também para melhorar o atendimento realizado com as MPEs”, explicou.

O superintendente destacou a Faculdade do Comércio, a primeira cem por cento do Sistema das Associações Comerciais, que oferece cursos em diversas áreas de gestão e negócios. Por meio de convênio, a ideia é criar polos de ensino de todo o país, levando ensino de qualidade à população e fortalecendo financeiramente o sistema.

Resultados

A última edição do Empreender, finalizada no ano passado, atendeu a 93 projetos, dos quais 62 responderam à pesquisa que demonstrou que 89% deles alcançaram, ao menos, um dos dois resultados propostos e 68% tiveram aproveitamento integral. Um número muito satisfatório, considerando o cenário de pandemia que vivemos desde março de 2020.

“Isso sinaliza que estamos no caminho certo. Agora, queremos melhorar cada vez mais a nossa gestão e simplificar os processos, claro, dentro das normas, para otimizar nossos recursos e alcançarmos resultados superiores”, afirmou Rezende.

 

Últimas Notícias

O impacto das reformas nas pequenas empresas sob a ótica da tecnologia e da inovação O impacto das reformas nas pequenas empresas sob a ótica da tecnologia e da inovação
Ciclo de Debates 19 de abril de 2024 às 17:13

O impacto das reformas nas pequenas empresas sob a ótica da tecnologia e da inovação

CACB celebra 20 anos de ampliação da União Europeia e novas relações comerciais com o Brasil CACB celebra 20 anos de ampliação da União Europeia e novas relações comerciais com o Brasil
Internacional 19 de abril de 2024 às 16:24

CACB celebra 20 anos de ampliação da União Europeia e novas relações comerciais com o Brasil

CACB recebe representantes do centro de investimentos da Tanzânia! CACB recebe representantes do centro de investimentos da Tanzânia!
Internacional 18 de abril de 2024 às 17:17

CACB recebe representantes do centro de investimentos da Tanzânia!

Frentes parlamentares debatem projetos de lei para a Reforma Tributária Frentes parlamentares debatem projetos de lei para a Reforma Tributária
Congresso Nacional 18 de abril de 2024 às 10:14

Frentes parlamentares debatem projetos de lei para a Reforma Tributária

Financiamento de até R$ 300 mil para eventos de empreendedorismo e inovação Financiamento de até R$ 300 mil para eventos de empreendedorismo e inovação
Edital 16 de abril de 2024 às 17:15

Financiamento de até R$ 300 mil para eventos de empreendedorismo e inovação

Lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Empreendedorismo Rural Lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Empreendedorismo Rural
Congresso Nacional 16 de abril de 2024 às 16:12

Lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Empreendedorismo Rural

Serviços

Ver todos

Soluções dedicadas ao empresário brasileiro

Conheça nossos serviços para a sua empresa.

Conhecimento e informação nos conecta

Compartilhamos conteúdo do seu interesse

  •  

Eventos

Ver todos

Agenda dos Eventos Empresarias

Participe dos eventos organizados por entidades que apoiam os empresários do Brasil.

Busca

Fechar

Categorias de Serviços

Fechar

Entidades

Fechar
Logomarca Hotpixel