CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / EMPRESAS

Em reunião, setor produtivo cobra ações mais ágeis do governo no enfrentamento à crise

Grupo se reuniu com Jair Bolsonaro e Paulo Guedes nesta terça-feira (13) para debater a reedição de medidas como o Pronampe e o BEm

13 de abril de 2021 - 22:05

Representantes do setor produtivo brasileiro reuniram-se na tarde desta terça-feira (13) com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, para cobrar agilidade nas ações de apoio às empresas brasileiras no enfrentamento da crise causada pela Covid-19. O encontro foi articulado pelo presidente da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, senador Jorginho Mello (PL/SC).

Foto: Isac Nóbrega/PR

Na pauta, assuntos como o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) e o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, mais conhecido como BEm. A reunião, segundo os empresários, foi satisfatória. “Saímos com a promessa de que em dez dias teremos nossos questionamentos resolvidos para que possamos voltar a ter esperança de recuperar empresas que estão à beira da falência e evitar milhares de demissões”, disse George Pinheiro, presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

Articulação

Mais cedo, o grupo se reuniu na sede do Sebrae Nacional para alinhar os assuntos que levaria à reunião com Bolsonaro e Guedes. Na ocasião, o senador Jorginho Mello, disse que a intenção do encontro era apresentar ao presidente a agonia que os empresários brasileiros estão enfrentando. “Os importantes segmentos aqui representados, estão desesperados. A situação é muito séria. O micro e pequeno empresário precisa ser socorrido e o braço forte, neste momento, é o governo, que tem sido muito parceiro”, disse.

Carlos Melles, presidente do Sebrae, destacou a vontade do setor produtivo de ajudar o Brasil a crescer. “Isso é o mais importante em um momento como esse. Essa ação vai falar muito alto ao país e dar mais esperança às micro e pequenas empresas”, afirmou.

Além de George Pinheiro, da CACB, a União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs) também foi representada pelo presidente da Associação Brasileiras de Bares e Restaurantes (Abrasel), Paulo Solmucci. Também estiveram presentes representantes de setores como turismo, salões de beleza, e eventos.

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311