1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / MPME

CACB participa do lançamento do Al-Invest 5.0

O evento ocorreu na sede da CAINCO, em Santa Cruz, Bolívia

10 de março de 2016 - 18:56

IMG-20160310-WA0039

 

Um dos programas de cooperação econômica mais bem sucedidos da Comissão Europeia na América Latina (AL), o Al Invest 5.0 foi lançado nesta quinta-feira (10), em Santa Cruz, Bolívia. Junto com outras 10 organizações internacionais – entre elas, a parceira Cainco (Cámara de Industria, Comercio, Servicios y Turismo de Santa Cruz, Bolívia) -, a CACB é ganhadora do consórcio que irá executar o projeto na AL.

“Por meio desse projeto, vamos apoiar e desenvolver as micro, pequenas e médias empresas em cada um dos países participantes por meio do intercâmbio de conhecimentos e ideia inovadoras. A CACB se orgulha de ser uma das ganhadoras deste consórcio de entidades que administrará este programa. É um passo muito importante para o reconhecimento de nossa entidade pela Comissão Européia”, disse George Pinheiro, presidente da CACB.

Em sua última edição, que durou de 2009 a 2013, mais de 23.700 empresas tiveram acesso a ferramentas de internacionalização, e quase 6.500 se consolidaram no exterior.

Consórcio
Iniciado em 1994, o Al Invest busca impulsionar a produtividade e a internacionalização de milhares de micro, pequenas e médias empresas (MPMEs). O Al Invest 5.0, quinta fase do programa, tem como foco o crescimento integrador para a coesão social na América Latina. A intenção é reduzir as brechas de produtividade em empresas que apresentam potencial de crescimento. “Esta nova fase busca diminuir a pobreza na América Latina por meio da melhora da produtividade das MPMEs, promovendo o desenvolvimento sustentável”, disse Daniel Velasco, gerente-geral da Cainco.

Segundo ele, o projeto irá durar 4 anos, a começar por 2016. “A nossa proposta é que se alcance o maior número possível de setores econômicos dos países envolvidos, que são: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, México, Peru e Uruguai.”

Mario Castillo, representante da Comissão Econômica para América Latina e Caribe (Cepal), falou sobre a importância do desenvolvimento tecnológico nas empresas. “A única forma de apoiar programas sociais é por meio de uma economia sustentável. Para isso, é preciso dar suporte ao desenvolvimento tecnológico.”

Coordenado pela Cainco, o consórcio é formado também pela Câmara de Comércio e Indústria de Paris, a Confederação de Câmaras de Comércio Europeias (Eurochambres), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Sequa (entidade do setor privado alemão), a Câmara de Comércio de Costa Rica, a Câmara de Comércio de El Salvador, a Associação Guatemalteca de Exportadores, a Câmara de Comércio de Lima e a Câmara de Comércio e Serviços do Uruguai. Outras entidades associadas, porém não executoras, são: a Organização dos Estados Iberoamericanos, a Federação Mundial de Câmaras de Comércio, a Federação Centroamericana de Exportadores e a Organização Alemã de Cooperação Internacional (GIZ).

Convocatórias
O projeto prevê ainda o lançamento de dois editais dos quais podem participar apenas entidades governamentais ou empresariais sem fins lucrativos. A primeira convocatória, lançada nesta quinta-feira (10), receberá propostas até 16 de maio. Podem participar entidades da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, Guatemala, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela, Honduras, El Salvador, União Europeia.

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Neusa Galli Fróes
    Froés berlato associadas

    Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • neusa@froesberlato.com.br
    Telefones:
    (51) 3388 6847 / (51) 9123 6847

    E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311