Imprensa

Notícias

Comércio Exterior

Oportunidades de negócios entre Brasil e Panamá foram discutidas em seminário na ACSP

16 de dezembro de 2015 às 03:24 Compartilhe

Organizado pela São Paulo Chamber of Commerce, órgão de comércio exterior da entidade, a Associação Comercial de São Paulo realizou ontem (15/12) seminário para discutir oportunidades de negócios entre o Brasil e o Panamá.

Entre as autoridades panamenhas que participaram estavam o vice-ministro de Comércio Exterior, Néstor González; o diretor-geral da Sedes de Empresas Multinacionais, Jonathan Diaz; e a vice-presidente do Conselho de Empresas do Panamá, Michelle Maduro. O embaixador do Brasil no Panamá, Adalnio Senna Ganem, fez uma apresentação.

“O Panamá vem ganhando cada vez mais importância regional não apenas pela sua localização estratégica, mas pela rapidez de seu crescimento econômico”, disse o vice-presidente da ACSP, Roberto Ticoulat.

HONG KONG DA AMÉRICA LATINA

O embaixador do Brasil no Panamá, Adalnio Senna Ganem, lembrou que o país da América Central é sede de quase 120 empresas multinacionais, que aproveitam as facilidades logísticas e fiscais do Panamá. Ganem se referiu ao país como “a Hong Kong da América Latina”.

Durante sua apresentação, Ganem destacou o fato de o país caribenho ter se aberto ao mundo, utilizando-se das vantagens do Canal do Panamá. “É uma economia basicamente fundamentada em logística. Precisamos aprender com os panamenhos”, comentou.

Atualmente, o Brasil é o 17º maior parceiro comercial do Panamá. As oportunidades estão, por exemplo, no setor de obras públicas.

Leia mais: ACSP

Conhecimento e informação nos conecta

Compartilhamos conteúdo do seu interesse

  •  

Buscar

Compartilhe

Oportunidades de negócios entre Brasil e Panamá foram discutidas em seminário na ACSP

Federações

Entidades por estado: