1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / Lançamento

O Observatório Social chega ao Rio de Janeiro

Entidades assinam acordo com apoio da Associação Comercial do Rio de Janeiro

15 de fevereiro de 2017 - 16:04

A cidade integrará a rede de OS que está presente em mais de 100 cidades, de 19 estados brasileiros. Com o apoio da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRio) e do Conselho Regional de Contabilidade (CRCRJ), o Observatório Social do Brasil (OSB) assinará um acordo de apoio ao OS do município, hoje (15/02), às 15h.

Estarão presentes no evento o presidente da OSB, Ney da Nóbrega Ribas; o presidente da ACRio, Paulo Protasio; e a presidente da CRCRJ, Vitória Maria da Silva. O acordo será assinado, na sede da Associação Comercial do Rio de Janeiro. Após o ato, será realizado o seminário “Transparência e participação de Micro e Pequenas Empresas e Empresas de Pequeno Porte na contratação pelo município do Rio de Janeiro”, com palestras de especialistas no assunto e de convidados.

De acordo com o presidente da OSB, Ney da Nóbrega Ribas, as Associações Comerciais, em todas as cidades, são apoiadoras dos Observatórios Sociais, assim como o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e cada conselho regional, com profissionais dedicados e competentes a apoiar e orientar o trabalho dos observadores. “A Rede OSB sente-se muito honrada com o apoio da ACRio para a constituição do OSB-Rio. Essa ferramenta de inovação política e de controle social nasceu no seio empresarial e carece da credibilidade que instituições do porte da ACRio e a CRCRJ podem emprestar. Por isso somos gratos e temos a certeza de que a unidade do OSB nessa importante capital será um sucesso”, afirma Ribas.

Sobre o Observatório Social 

É um espaço para o exercício da cidadania, que deve ser democrático e apartidário e reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública. Cada Observatório Social é integrado por cidadãos brasileiros que transformaram o seu direito de indignar-se em atitude: em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos. São empresários, profissionais, professores, estudantes, funcionários públicos e outros cidadãos que, voluntariamente, entregam-se à causa da efetividade do serviço público, do bem comum.

Atuando como pessoa jurídica, em forma de associação, o Observatório Social prima pelo trabalho técnico, fazendo uso de uma metodologia de monitoramento das compras públicas em nível municipal, desde a publicação do edital de licitação até o acompanhamento da entrega do produto ou serviço, de modo a agir preventivamente no controle social dos gastos públicos.

Além disso, o Observatório Social atua em outras frentes, como a educação fiscal, a inserção da micro e pequena empresa nos processos licitatórios e a construção de Indicadores da Gestão Pública, com base na execução orçamentária e nos indicadores sociais do município, fazendo o comparativo com outras cidades de mesmo porte. E a cada 4 meses realiza a prestação de contas do seu trabalho à sociedade.

São cerca de 3 mil voluntários trabalhando pela causa da justiça social nos Observatórios Sociais pelo Brasil afora. Estima-se que nos últimos quatro anos, com a contribuição desses voluntários, houve uma economia de mais de R$ 1,5 bilhão para os cofres municipais.

Fonte: Associação Comercial do Rio de Janeiro e

Assessoria de Imprensa/CACB

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Neusa Galli Fróes
    Froés berlato associadas

    Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • neusa@froesberlato.com.br
    Telefones:
    (51) 3388 6847 / (51) 9123 6847

    E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311