Imprensa
RECUPERAÇÃO

Mercado melhora previsão para o PIB e volta a projetar dólar mais baixo

Para analistas, retração da atividade econômica deve ser de 3,30% ao final de 2016; inflação também deve ser menor

11 de julho de 2016 às 18:31

A estimativa para a produção industrial deste ano saiu de queda de 5,90% para recuo de 5,80% - Foto: Clayton de Souza/Estadão

A estimativa para a produção industrial deste ano saiu de queda de 5,90% para recuo de 5,80% – Foto: Clayton de Souza/Estadão

Depois da equipe econômica projetar déficit de R$ 139 bilhões nas contas públicas, o Relatório de Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira, 11, pelo Banco Central voltou a mostrar um pequeno alívio para o Produto Interno Bruto (PIB) deste ano. Pelo documento, a projeção passou de -3,35% para -3,30% – um mês atrás estava em -3,60%.
Para 2017, a mediana das previsões do mercado ficou novamente estacionada em +1,00% de um levantamento para o outro. Quatro semanas atrás, a pesquisa já apontava alta de 1,00%.
Outro item que mais uma vez sofreu grandes mudanças nas projeções foi a cotação da moeda norte-americana. Para os analistas, o dólar estará em R$ 3,40 no encerramento de 2016 ante R$ 3,46 do levantamento anterior – um mês atrás, estava em R$ 3,65. Com isso, o câmbio médio de 2016 passou de R$ 3,51 para R$ 3,47 – um mês antes, estava em R$ 3,65.
Para 2017, a mediana recuou de R$ 3,70 para R$ 3,55 de uma divulgação para a outra – quatro semanas atrás estava em R$ 3,81. Já o câmbio médio do ano que vem caiu de R$ 3,61 para R$ 3,53 de um levantamento para o outro – estava em R$ 3,81 um mês atrás.
Inflação. A mediana das estimativas de inflação caiu pela segunda semana consecutiva. Para 2016, a projeção de IPCA recuou de 7,27% para 7,26%. Para 2017, ano em que a autoridade monetária promete entregar a inflação o mais próximo possível do centro da meta de 4,5%, a estimativa do mercado passou de 5,43% para 5,40%.
No último Relatório Trimestral de Inflação, o BC informou que projeta inflação de 4,7% para 2017 no cenário de referência e de 5,5% pelo de mercado. Já no caso de 2016, as estimativas são de, respectivamente, 6,9% e 7,00%.
Entre as instituições que mais se aproximam do resultado efetivo do índice no médio prazo, denominadas Top 5, as medianas das projeções para este ano continuaram em 7,18%. Para 2017, no entanto, subiram de 5,30% para 5,39%. Quatro semanas atrás, as expectativas eram de, respectivamente, 7,15% e 5,30%.
As projeções do mercado para a taxa básica de juros continuam praticamente sem se mexer. As previsões para a Selic no fim de 2016 continuam em 13,25% ao ano e para 2017, em 11,00% aa. Mas, para o grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções, a taxa – que atualmente está em 14,25% ao ano – deverá ter uma queda menor à frente.
Um mês atrás, o boletim apontava a Selic em 13,00% para o encerramento de 2016 e em 11,25% para o fim de 2017.

Fonte: Estadão

Últimas Notícias

Presidente da Federaminas recebe homenagem no estado Presidente da Federaminas recebe homenagem no estado
Federaminas 17 de julho de 2024 às 16:40

Presidente da Federaminas recebe homenagem no estado

Faceb comemora 60 anos e nova diretoria toma posse Faceb comemora 60 anos e nova diretoria toma posse
Celebração 17 de julho de 2024 às 16:39

Faceb comemora 60 anos e nova diretoria toma posse

Ministro prorroga decisão que suspende reoneração da folha de pagamentos até setembro Ministro prorroga decisão que suspende reoneração da folha de pagamentos até setembro
Desoneração da Folha 17 de julho de 2024 às 16:07

Ministro prorroga decisão que suspende reoneração da folha de pagamentos até setembro

Estado do Goiás recebe primeira etapa do programa O Poder da Rede Estado do Goiás recebe primeira etapa do programa O Poder da Rede
Poder da Rede 16 de julho de 2024 às 15:21

Estado do Goiás recebe primeira etapa do programa O Poder da Rede

Brasil quer alcançar US$ 1 trilhão no comércio exterior Brasil quer alcançar US$ 1 trilhão no comércio exterior
Entrevista 16 de julho de 2024 às 12:32

Brasil quer alcançar US$ 1 trilhão no comércio exterior

Lira anuncia que a regulamentação do segundo projeto da reforma tributária será votada em agosto Lira anuncia que a regulamentação do segundo projeto da reforma tributária será votada em agosto
Economia 16 de julho de 2024 às 12:26

Lira anuncia que a regulamentação do segundo projeto da reforma tributária será votada em agosto

Serviços

Ver todos

Soluções dedicadas ao empresário brasileiro

Conheça nossos serviços para a sua empresa.

Conhecimento e informação nos conecta

Compartilhamos conteúdo do seu interesse

  •  

Eventos

Ver todos

Agenda dos Eventos Empresarias

Participe dos eventos organizados por entidades que apoiam os empresários do Brasil.

Busca

Fechar

Categorias de Serviços

Fechar

Categorias de Vídeos

Fechar

Entidades

Fechar
Logomarca Hotpixel