Imprensa
RECUPERAÇÃO

Intenção de investimentos na indústria tem primeira alta desde 2013

10 de junho de 2016 às 12:54

Após atingir o menor nível de série histórica no primeiro trimestre deste ano (81,9 pontos), o Indicador de Intenção de Investimentos da Indústria subiu 0,6 ponto agora no segundo trimestre, comparativamente ao trimestre imediatamente anterior, indo a 82,5 pontos.

Os dados do Indicador de Intenção de Investimentos fazem parte da pesquisa Sondagem de Investimentos e foram divulgados hoje (10) pelo Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas (FGV). Eles medem a disseminação do ímpeto de investimento entre as empresas industriais, colaborando para antecipar tendências econômicas.

Na avaliação do superintendente adjunto para Ciclos Econômicos da FGV, Aloisio Campelo Jr., o resultado sugere que as taxas de intenção de investimentos já ultrapassam o seu pior momento. Para ele, “embora discreta”, esta primeira alta do indicador desde o terceiro trimestre de 2013, é “uma boa notícia”.

“Assim como ocorre com os indicadores de confiança, o resultado sugere que as taxas de crescimento do investimento já passaram por seu pior momento e podem, gradualmente, se tornar menos negativas daqui por diante”, avaliou.

Para ele, no entanto, “há que se considerar o elevado grau de incerteza contido nas expectativas dos empresários atualmente, tanto na definição dos valores a serem investidos quanto nas avaliações de risco de que o programa atual não seja cumprido conforme originalmente planejado.”

Na avaliação da FGV, quando o Indicador de Intenção de Investimentos fica abaixo de 100 pontos significa que há mais empresas prevendo diminuir que aumentar investimentos nos 12 meses seguintes. “No segundo trimestre de 2016, 16,2% das empresas estão prevendo investir mais nos 12 meses seguintes, e 33,7% tencionando investir menos. No trimestre anterior, esses percentuais haviam sido de 16,7% e 34,8%, respectivamente”, ressalta na publicação a entidade.

Certezas e Incertezas

Nas avaliações da FGV contidas na publicação Sondagem de Investimentos, há a interpretação de que existe hoje, no setor industrial, mais empresas incertas (39,1%) que certas (31,8%) em relação à execução de seus programas de investimentos nos próximos 12 meses, um saldo de -7,3 pontos.

O percentual de 31,8% de empresas certas quanto à possibilidade de investimentos foi o menor percentual sobre a execuções dos investimentos e, paralelamente, o maior de empresas incertas desde o início deste quesito, no 4º trimestre de 2014.

Para a FGV, o resultado decorre das incertezas em relação aos cenários econômicos e políticos do país, e lança dúvidas quanto à efetiva evolução dos investimentos planejados nos próximos meses.
A edição do segundo trimestre de 2016 da Sondagem de Investimentos coletou informações de 784 empresas entre 4 de abril e 31 de maio.

Fonte: Agência Brasil

Últimas Notícias

Presidente da Federaminas recebe homenagem no estado Presidente da Federaminas recebe homenagem no estado
Federaminas 17 de julho de 2024 às 16:40

Presidente da Federaminas recebe homenagem no estado

Faceb comemora 60 anos e nova diretoria toma posse Faceb comemora 60 anos e nova diretoria toma posse
Celebração 17 de julho de 2024 às 16:39

Faceb comemora 60 anos e nova diretoria toma posse

Ministro prorroga decisão que suspende reoneração da folha de pagamentos até setembro Ministro prorroga decisão que suspende reoneração da folha de pagamentos até setembro
Desoneração da Folha 17 de julho de 2024 às 16:07

Ministro prorroga decisão que suspende reoneração da folha de pagamentos até setembro

Estado do Goiás recebe primeira etapa do programa O Poder da Rede Estado do Goiás recebe primeira etapa do programa O Poder da Rede
Poder da Rede 16 de julho de 2024 às 15:21

Estado do Goiás recebe primeira etapa do programa O Poder da Rede

Brasil quer alcançar US$ 1 trilhão no comércio exterior Brasil quer alcançar US$ 1 trilhão no comércio exterior
Entrevista 16 de julho de 2024 às 12:32

Brasil quer alcançar US$ 1 trilhão no comércio exterior

Lira anuncia que a regulamentação do segundo projeto da reforma tributária será votada em agosto Lira anuncia que a regulamentação do segundo projeto da reforma tributária será votada em agosto
Economia 16 de julho de 2024 às 12:26

Lira anuncia que a regulamentação do segundo projeto da reforma tributária será votada em agosto

Serviços

Ver todos

Soluções dedicadas ao empresário brasileiro

Conheça nossos serviços para a sua empresa.

Conhecimento e informação nos conecta

Compartilhamos conteúdo do seu interesse

  •  

Eventos

Ver todos

Agenda dos Eventos Empresarias

Participe dos eventos organizados por entidades que apoiam os empresários do Brasil.

Busca

Fechar

Categorias de Serviços

Fechar

Categorias de Vídeos

Fechar

Entidades

Fechar
Logomarca Hotpixel