1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / carga tributária

Impostômetro chegou hoje à marca de R$ 300 bilhões

Carga tributária: caipirinha é o produto mais tributado do Carnaval; veja lista completa

12 de fevereiro de 2017 - 19:25

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) atingiu neste domingo (12/02), às 11h, a marca de R$ 300 bilhões. O valor representa o total de impostos, taxas e contribuições pagos pelos brasileiros desde o início de 2017. No ano passado, o mesmo montante foi registrado somente em 21 de fevereiro, o que revela crescimento do bolo tributário. “Há um aumento real na arrecadação, mas essa alta tem que ser vista com cautela: ela ainda não se refere a uma elevação do nível de atividade, mas sim a aumentos de alíquotas de alguns tributos”, diz Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp). “A tendência, porém, é boa. Há indicadores que começam a se reequacionar, resultado das reformas do governo, que vêm produzindo os primeiros efeitos para tirar o País da recessão”, complementa.

Imposto no Carnaval

Levantamento encomendado pela ACSP ao Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) revela que a caipirinha é um dos produtos típicos no Carnaval mais tributados: em média, 76,66% do preço de uma dose do drinque é composto por impostos, taxas e contribuições, sendo 1,65% referente ao PIS, 7,60% à COFINS, 25% ao ICMS, 35% ao IPI e 7,41% a outros tributos.  A pesquisa analisou detalhes da tributação de vários outros artigos tipicamente associados à maior festa nacional. Uma máscara de lantejoulas, por exemplo, é tributada em 42,71% (sendo que 1,65% é destinado ao PIS, 7,60% à COFINS, 18% ao ICMS, 12% ao IPI e 3,42% a outros).

Já o confete e a serpentina, embora pequenos no tamanho, são grandes na mordida do Leão: 43,83% de seus preços são cobrados para pagar tributos (1,65% vai para o PIS, 7,60% vão para a COFINS, 25% vão para o ICMS, 5% vão para o IPI e 4,58% vão para outras destinações). Para os foliões mais animados, o preservativo é o produto sobre o qual menos incide tributos: “apenas” 18,75%, sendo que 1,65% refere-se ao PIS, 7,60% à COFINS, curiosamente nada de ICMS e nada de IPI. Os 9,50% restantes são destinados a outras taxações.

Por fim, o contribuinte que for viajar no Carnaval ainda vai ter que pagar, além de todos esses tributos já citados, mais 5% de ISS, presente nas passagens aéreas, pacotes de viagens e diárias de hotéis.

Veja a lista completa:

 

 PRODUTOS PIS COFINS ICMS IPI ISS OUTROS TOTAL
água de coco 1,65% 7,60% 18% 0%   6,88% 34,13%
água mineral 1,65% 7,60% 7% 0   15,25% 31,50%
amendoim 1,65% 7,60% 18% 0%   9,29% 36,54%
apito 1,65% 7,60% 18% 0   7,23% 34,48%
bateria 1,65% 7,60% 18% 2%   9,05% 38,30%
biquíni 1,65% 7,60% 18% 0   14,94% 42,19%
caipirinha 1,65% 7,60% 25% 35%   7,41% 76,66%
cavaquinho 1,65% 7,60% 18% 0   11,08% 38,33%
cerveja (lata ou garrafa) 1,65% 7,60% 22% 6%   18,35% 55,60%
chope 1,65% 7,60% 22% 20%   10,95% 62,20%
colar havaiano 1,65% 7,60% 18% 10%   8,71% 45,96%
confete/serpentina 1,65% 7,60% 25% 5%   4,58% 43,83%
fantasia – roupa com arame 1,65% 7,60% 18% 0%   6,66% 33,91%
fantasia – roupa tecido 1,65% 7,60% 18% 0   9,16% 36,41%
guarda sol 1,65% 7,60% 18% 5%   4,89% 37,14%
hospedagem em hotel 1,65% 7,60% 0% 0 5% 15,31% 29,56%
máscara de lantejoulas 1,65% 7,60% 18% 12%   3,46% 42,71%
máscara de plástico 1,65% 7,60% 18% 12%   4,68% 43,93%
óculos de sol 1,65% 7,60% 18% 15%   1,93% 44,18%
pacote de viagem, com hotel, van e desfile 1,65% 7,60% 0% 0 5% 22,03% 36,28%
pandeiro 1,65% 7,60% 18% 2%   8,58% 37,83%
passagem aérea 1,65% 7,60% 0% 0 5% 8,07% 22,32%
preservativo 1,65% 7,60% 0% 0%   9,50% 18,75%
protetor solar 1,65% 7,60% 25% 0   7,49% 41,74%
refrigerante em lata 1,65% 7,60% 18% 4%   13,30% 44,55%
refrigerante em garrafa 1,65% 7,60% 18% 4%   15,22% 46,47%
sorvete (massa ou picolé) 1,65% 7,60% 18% 5%   5,73% 37,98%
spray com espuma 1,65% 7,60% 18% 15%   3,69% 45,94%

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Associação Comercial de São Paulo

Assessoria de Imprensa/CACB

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311