CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / MEDIDAS

Governo avalia perdão de tributos a pequenas empresas

Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa e o Sebrae vão atuar juntos para sugerir quais setores precisam do perdão de dívidas

14 de abril de 2021 - 10:48

Jorginho Mello e Bolsonaro. Foto: Reprodução

Durante encontro realizado na terça-feira (13) entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, senador Jorginho Mello (PL/SC), o presidente do Sebrae, Carlos Melles, o presidente da CACB, George Pinheiro, e empresários de diversos setores, o governo federal criou um grupo de trabalho para avaliar a anulação de tributos sobre micro e pequenas empresas. Os empresários querem 5 ou 6 meses de perdão.

Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa e o Sebrae vão atuar juntos para sugerir quais setores precisam do perdão de dívidas. “Se ele não pagou a folha de pagamento, esquece o tributo porque é pouquinho. Não adianta Refis [programa de refinanciamento de dívidas], não adianta atrasar dívida. Viemos aqui para pedir velocidade”, disse Jorginho Mello.

Na ocasião, Guedes disse preferir que os setores mais prejudicados pela crise não paguem tributos por alguns meses do que fechem suas portas e demitam mais funcionários.

Ainda segundo Jorginho, o governo foi muito solicito e orientou sua equipe a priorizar as pautas do setor produtivo e acelerar o socorro aos pequenos negócios. “O segmento tem presa, está quebrando e nós precisamos salvaras empresas e os empregos no Brasil”, declarou.

 

*com informações do Poder 360

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311