CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias /

Encontro Estadual do Programa Empreender celebra destaques e resultados positivos em 2016

29 de novembro de 2016 - 13:58

 

Para comemorar os resultados positivos na execução do Programa Empreender em 2016, a Federação das Associações Comerciais do Estado de Alagoas (Federalagoas) e o Sebrae em Alagoas realizaram, nessa segunda-feira (28), um momento de integração entre os empresários participantes e o reconhecimento das Associações Comerciais que se destacaram ao longo deste ano na condução do programa. O evento contou com a participação do coordenador nacional do Empreender, Carlos Resende.

Com o lema “Unir para crescer”, o Programa Empreender funciona em Alagoas há 19 anos, trabalhando ciclos de atividades de 24 meses. É inspirado em um programa alemão adaptado para o Brasil pelas Associações Comerciais de Blumenau, Brusque e Joinville, em Santa Catarina, no ano de 1991. Então, através de uma parceria entre Sebrae Nacional e a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), expandiu-se e vem sendo aplicado nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal desde 2002.

A proposta é transformar concorrentes em parceiros, unidos em núcleos setoriais de acordo com o segmento – há o núcleo dos salões de beleza, escolas, óticas, autopeças, etc. Buscam-se soluções em conjunto para problemas comuns, o que incentiva o associativismo e a troca de experiências, fortalecendo as micro e pequenas empresas (MPE) e fazendo os negócios e o mercado crescerem.

O encontro dessa segunda teve uma programação eclética. O painel de abertura foi ministrado por Carlos Resende, uma grande apresentação do programa, seu histórico e como ele pode auxiliar os empresários, que teve como nome ‘O Empreender como ferramenta de fortalecimento das entidades empresariais e instrumento de parceria para captação de recursos’.

Ele foi seguido por Cléa Carvalho, gestora do Programa Empreender em Alagoas pela Federalagoas, trazendo os resultados positivos de 2016. “Tínhamos uma meta de atender 300 empresas neste ciclo de 24 meses do programa. Estamos em 15 meses de atividade e esse número hoje é de 435 empresas, com resultados muito positivos e alguns casos de sucesso. O diferencial que os empresários encontram é o acompanhamento constante do consultor do programa, com reuniões quinzenais e o contato direto, o que aumenta o engajamento, tanto que alguns núcleos ultrapassaram o período do convênio”, apresentou Cléa.

Um desses núcleos é o grupo de óticas de Maceió, formado há 10 anos por 20 empresas, na Rede Ótima. Essa rede conjunta é a razão do sucesso, segundo os gestores do Empreender e os próprios empresários. “Funciona como uma cooperativa, onde fazemos compras conjuntas, cedemos mercadoria entre as lojas amigas para atender um cliente, nos reunimos para reivindicações. Outro ponto que achamos muito positivo são os cursos de capacitação, de gestão para os empresários e de atendimento para as nossas equipes. Já participamos de outro ciclo do Empreender desde então e o grupo só sai fortalecido”, analisa José Renato dos Santos, um dos integrantes da Rede Ótima.

Tal associação entre concorrentes faz com que a taxa de sobrevivência das empresas nos núcleos setoriais seja de 90%, contra 20% das empresas isoladas, como destacou Roberval Cabral, diretor de Administração e Finanças do Sebrae em Alagoas. “O empreendedor brasileiro tem como traço cultural achar que a concorrência a seu lado quer tomar seu espaço e seu cliente. É em cima desse pensamento que a metodologia do Empreender vem atuar, no fortalecimento dos núcleos setoriais”, defendeu Roberval.

Prova disso foram os cases de sucesso apresentados dos municípios de Porto Calvo e União dos Palmares, onde o programa conseguiu articular as demandas dos núcleos nas ações planejadas para o Programa de Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET), que visa diversificar as atividades econômicas de uma região através do aproveitamento de oportunidades de negócios.

O evento seguiu com uma palestra voltada para ‘Inovação e Negócios’, com Marcos Batista, professor do Instituto Europeo de Design, e com a entrega de prêmios de reconhecimento como destaque no Programa Empreender 2016. Foram contempladas as Associações Comerciais de União dos Palmares, Palmeira dos Índios, Porto Calvo, São Miguel dos Campos, Maceió, Batalha e Santana do Ipanema.

“Estamos tendo um ciclo extremamente positivo, preparando empresários e associações de classe para entrar de vez na economia de mercado e crescer. O programa é um envolvimento das Associações Comerciais com o Sebrae para amparar as empresas existentes ou que estejam começando, seja com socorro no atendimento às normas da Vigilância Sanitária ou normas fiscais e na adaptação para atender às demandas dos clientes. O objetivo é fortalecer o setor privado, que é o setor produtivo, que sustenta o Estado, e, dessa forma, é o ganha-ganha para toda a sociedade”, declarou Kennedy Calheiros, presidente da Associação Comercial de Maceió e do Conselho Deliberativo do Sebrae em Alagoas.

Fonte: Agência Sebrae

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311