1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Login
Redes Sociais
Portal Empreender
Empreender
Home / Empreender Cases /

Associativismo transforma demandas em resultados: Unecs aproxima empresários do debate político

Assuntos que estavam na pauta há mais de 15 anos no Congresso foram solucionados em menos de dois anos

14 de maio de 2020 - 14:56

Com ou sem pandemia, o Brasil passa, há muito tempo, por uma crise entre a população e seus representantes políticos: a falha na comunicação. No contexto atual, mais do que nunca, as decisões políticas precisam ser passadas com clareza para a população. Também é hora do grupo que gera a maioria dos empregos fixos no país ser ouvido: a classe empresarial.

Mais um exemplo da nova etapa da campanha do Empreender, que reúne casos em que o associativismo funciona como um ponto de união e força dos empresários, é o da assessoria parlamentar única, fruto da mobilização das nove instituições que integram a União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs): Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (ABAD); Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS); Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE); Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL); Associação Brasileira de Automação para o Comércio (AFRAC); Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (ALSHOP); Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (ANAMACO); Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB); e Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). O grupo representa os empresários responsáveis por 15% do PIB brasileiro, 65% das operações de crédito e débito e a geração de 9 milhões de empregos diretos.

Antes da assessoria parlamentar da Unecs, era comum que cada entidade com representatividade nacional defendesse seus interesses por meio de uma assessoria própria. O objetivo de melhorar a atuação junto ao governo e ao congresso levou a Unecs a criar uma assessoria parlamentar única.

Assuntos que estavam na pauta há mais de 15 anos, como, por exemplo, o término da contribuição compulsória para os sindicatos patronais e laborais e a diferenciação de preços segundo os meios de pagamentos, foram solucionados em menos de dois anos graças ao associativismo.

Também graças à atuação da assessoria, foi aprovada a lei que torna os supermercados uma atividade essencial, permitindo seu funcionamento por 24 horas por dia, sete dias por semana, em todos os municípios brasileiros. A medida trouxe uma enorme economia sobre os encargos na folha de pagamento dos supermercados, permitindo uma redução de até 30% em alguns casos.

 

Frente Parlamentar FCS

A UNECS tem importante apoio da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo (FCS), que centraliza e encaminha os principais pleitos dos empresários do setor de comércio e serviços no Congresso Nacional.

Relançamento da FCS em Brasília, com os nove presidentes de entidades e o deputado Efraim Filho, que foi empossado como presidente da Frente.

Unecs e a pandemia

A Unecs lançou, em 4/4, um material que reúne informações sobre as principais medidas do governo que afetam as empresas durante a pandemia da Covid-19, e como as determinações federais podem influenciar o posicionamento do empreendedor no mercado e o seu papel no desenvolvimento social do Brasil.

O guia prático aborda dispositivos sobre redução de salário, redução de jornada e suspensão de contrato de trabalho. Entre as Medidas Provisórias citadas, estão a 927/2020, que define alternativas para teletrabalho, banco de horas, férias, feriados e acordos coletivos; a 936/2020, que prevê recursos e regras para a preservação de empregos; a 944/2020 que institui o Programa Emergencial de Suporte a Empregos, destinado à realização de operações de crédito com empresários, sociedades empresárias e sociedades cooperativas; e a 958/2020, que facilita o acesso ao crédito, reduzindo a exigência de documentos para contratação ou renegociação de empréstimos em bancos públicos até o dia 30 de setembro.

Baixe em PDF: GUIA PRÁTICO DE SOBREVIVÊNCIA DA SUA EMPRESA UNECS

Além disso, com o objetivo de estreitar a comunicação entre o governo e os empresários de MPEs, a Unecs promoveu, no início de abril, um webinar com a participação do ministro da economia, Paulo Guedes. Entre os pontos abordados, estiveram a manutenção de pagamentos em dia, renegociação de aluguel e salários, o teletrabalho e o e-commerce. Na ocasião, foi deliberada a criação de um comitê de emergência para assuntos do comércio varejista do país, com o intuito de monitorar a eficácia das medidas que, à época, estavam sendo tomadas para amenizar a crise.

 

#SomosTodosEmpreendedores

O associativismo, além de ser uma ferramenta para o crescimento competitivo das empresas, representa espaço para diálogos produtivos, circulação de informações confiáveis e até de vínculo, encontro e união para os empresários. Principalmente nesse momento, em que os empresários brasileiros, assim como a população em geral, passam por um momento de incertezas e sentimento de impotência diante da pandemia da COVID-19.

Uma série de casos de sucesso faz parte da nova etapa da campanha do Empreender, com o objetivo de mostrar exemplos de como o associativismo empresarial já ajudou pequenos negócios em momentos de crise.

“A ideia é fortalecer o empreendedor de micro e pequeno negócio que está, muitas vezes, desesperado e sem visão de futuro. A economia vai se recuperar após essa crise e precisamos focar nessa retomada, que vai acontecer”, aponta Carlos Rezende, coordenador executivo da CACB e coordenador do Programa Empreender. Mas é necessário ter responsabilidade e empatia, destaca: “Preocupamo-nos com a empresa, com os colaboradores e com a sociedade. Desistir agora pode ter um custo ainda maior que tentar manter-se no mercado. E o associativismo pode ajudar.  Por meio da capilaridade do sistema de associações comerciais, por exemplo, com parcerias e com troca de experiências. No programa Empreender, os núcleos setoriais continuam investindo na capacitação e em mentorias com consultores para auxiliar o empresário nesta fase “.

Empreender é tentar. É decidir. É realizar. Nenhuma situação é igual, mas empatia é para todos. Neste momento de crise, o programa Empreender sugere que se faça o mínimo para enfrentar um desafio que atinge o mundo inteiro: colocar-se no lugar do outro.

Acompanhe e compartilhe os posts nas redes sociais. Siga o Instagram @programaempreendercacb.

Tags

Deixe seu comentário

Assessoria de Comunicação do Empreender/AL-Invest 5.0

  • Katiuscia Sotomayor
    katiuscia.sotomayor@cacb.org.br

    Joana de Albuquerque Pae
    joana.albuquerque@cacb.org.br

  • Bernardo Fonseca
    bernardo.fonseca@cacb.org.br
O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.