1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Login
Redes Sociais
Portal Empreender
Empreender
Home / Empreender Cases /

Associativismo transforma concorrentes em parceiros e constrói profissionais para cargos de liderança

Para o presidente da Facern, Itamar Manso, o Empreender é uma iniciativa que trabalha a autoestima do empresário de MPE, que “é o herói que constrói a diferença no Brasil”

15 de maio de 2020 - 14:31

O Rio Grande do Norte se destaca pela presença e continuidade do programa Empreender, que é executado há quase 20 anos no estado. Presente hoje em 13 municípios, através da Federação das Associações Comerciais do Rio Grande do Norte (Facern), o Empreender atende diretamente mais de 230 MPEs, fortalecendo diversos segmentos e oferecendo oportunidades de atuação e investimento na educação empreendedora dos empresários.

O núcleo estadual de automecânica surgiu na primeira expansão do Empreender para todo o Brasil e existe até os dias de hoje. A união do grupo fez história: na primeira fase de execução do programa, um dos empresários nucleados passou por dificuldades em seu negócio, chegando a encaminhar o encerramento de suas atividades. Os empresários do núcleo se solidarizaram e apoiaram com recursos financeiros e materiais, impedindo que o sonho de empreender do colega tivesse fim. É assim que o associativismo funciona: concorrentes se tornam parceiros. Esse é um dos muitos exemplos de como ações coletivas podem ajudar a fortalecer micro e pequenas empresas.

Além disso, o programa Empreender investe, em primeiro lugar, na qualificação dos empresários. Se a oportunidade é bem aproveitada, dos núcleos setoriais saem grandes profissionais, capazes de liderar, por exemplo, uma entidade empresarial. É o caso do atual presidente da Facern, Itamar Manso, que conheceu o sistema de ACEs por meio do Empreender. Itamar iniciou a trajetória no mundo da representação empresarial como empresário nucleado e, assim, ganhou visibilidade. Anos depois, assumiu a presidência da Associação Comercial e Empresarial do Rio Grande do Norte (ACRN) e, em seguida, da federação do estado.

Itamar exalta a união entre os diversos atores responsáveis pelo sucesso do Empreender no estado. Para ele, trata-se de uma iniciativa que trabalha a autoestima do empresário de MPE, que “é o herói que constrói a diferença no Brasil”. Os consultores, caracterizados pelo presidente como “facilitadores”, uma vez que dão voz e escutam as questões trazidas pelos empresários, mobilizam os núcleos setoriais para buscar soluções.

“Essa perspectiva foi fundamental para mim, como participante do projeto, quando o Empreender transformou minha vida e meu negócio, e também como dirigente de entidades”, conclui Itamar.

Diretoria da Facern, incluindo o presidente Itamar Franco

Atualmente, os núcleos setoriais do Rio Grande do Norte atendem aos segmentos de beleza, artesanato, fotografia, pet shops, quiosques, automecânica, ateliês de costura, informática, marcenaria, estética, moda e acessórios, alimentação, hospedagem, moto peças, postos de lavagem, turismo, entre outros.

3ª Feira Multissetorial do Médio Oeste, realizada em Apodi (Rio Grande do Norte), em novembro de 2019.

Núcleo de automêcanica realizando o PitStop, iniciativa que, há uma década, tem como objetivo despertar nos motoristas a importância de se fazer a manutenção dos veículos.

Núcleo de Moda de Apodi.

Empreender

O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa ao fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.

O programa funciona no Brasil há mais de 20 anos, tendo atendido aproximadamente 70 mil empresas em todas as unidades federativas, e já foi premiado internacionalmente como um dos melhores projetos para o desenvolvimento de micro e pequenas empresas, pelo ICC (International Chambers of Commerce), em Paris.

 

#SomosTodosEmpreendedores

O associativismo, além de ser uma ferramenta para o crescimento competitivo das empresas, representa espaço para diálogos produtivos, circulação de informações confiáveis e até de vínculo, encontro e união para os empresários. Principalmente nesse momento, em que os empresários brasileiros, assim como a população em geral, passam por um momento de incertezas e sentimento de impotência diante da pandemia da COVID-19.

Uma série de casos de sucesso faz parte da nova etapa da campanha do Empreender, com o objetivo de mostrar exemplos de como o associativismo empresarial já ajudou pequenos negócios em momentos de crise.

“A ideia é fortalecer o empreendedor de micro e pequeno negócio que está, muitas vezes, desesperado e sem visão de futuro. A economia vai se recuperar após essa crise e precisamos focar nessa retomada, que vai acontecer”, aponta Carlos Rezende, coordenador executivo da CACB e coordenador do Programa Empreender. Mas é necessário ter responsabilidade e empatia, destaca: “Preocupamo-nos com a empresa, com os colaboradores e com a sociedade. Desistir agora pode ter um custo ainda maior que tentar manter-se no mercado. E o associativismo pode ajudar.  Por meio da capilaridade do sistema de associações comerciais, por exemplo, com parcerias e com troca de experiências. No programa Empreender, os núcleos setoriais continuam investindo na capacitação e em mentorias com consultores para auxiliar o empresário nesta fase “.

Empreender é tentar. É decidir. É realizar. Nenhuma situação é igual, mas empatia é para todos. Neste momento de crise, o programa Empreender sugere que se faça o mínimo para enfrentar um desafio que atinge o mundo inteiro: colocar-se no lugar do outro.

Acompanhe e compartilhe os posts nas redes sociais. Siga o Instagram @programaempreendercacb.

Tags

Deixe seu comentário

Assessoria de Comunicação do Empreender/AL-Invest 5.0

  • Katiuscia Sotomayor
    katiuscia.sotomayor@cacb.org.br

    Joana de Albuquerque Pae
    joana.albuquerque@cacb.org.br

  • Bernardo Fonseca
    bernardo.fonseca@cacb.org.br
O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.