Notícias Empreender
Empreender

Notícias

Relatório elaborado pelo LinkedIn aponta crescimento de empregos verdes no Brasil

O demonstrativo indica que a participação desses talentos verdes na força de trabalho aumentou quase 50% desde 2015

29 de novembro de 2022 às 19:20

Segundo dados do Global Green Skills Report 2022, divulgado pela plataforma de empregos LinkedIn, a participação dos chamados talentos verdes na força de trabalho global aumentou de 9,6%, em 2015, para 13,3%, em 2022, apontando um crescimento de 38,5%. Somente no ano passado, cerca de 10% dos anúncios de emprego exigiam ao menos uma habilidade verde.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) define como empregos verdes os trabalhos que reduzem o impacto ambiental de empresas e de setores econômicos para níveis que sejam sustentáveis. Portanto, são empregos que protegem os ecossistemas e a biodiversidade; bem como reduzem o consumo de energia, materiais e água através de estratégias de elevada eficiência; descarbonizam a economia; e minimizam ou evitam todas as formas de poluição ou produção de resíduos. Assim, essas posições podem ser criadas em todos os setores e empresas, sejam em áreas urbanas ou rurais, do trabalho manual ao qualificado.

De acordo com Sue Duke, chefe de políticas públicas globais do LinkedIn, esta é uma escala de mudança necessária para alcançar uma economia verde e cumprir as metas ambiciosas de mudança climática global, fato que significa pensar no desenvolvimento de habilidades sustentáveis em todos os empregos e os setores.

O Brasil aparece como o sexto país onde os trabalhadores mais estão aplicando habilidades verdes em seus empregos. Para o coordenador nacional do Empreender, Carlos Rezende, esse é um movimento natural nos diferentes setores, por isso é importante que as empresas invistam na formação da força de trabalho. “A chamada economia verde é real e necessária. Está sendo uma movimentação natural que está chegando até o mercado de trabalho, demandando por profissionais qualificados para aplicar os princípios sustentáveis em suas respectivas áreas”, afirma.

O relatório ainda aponta as cinco áreas que se enquadram nesta perspectiva, com crescimento mais rápido entre 2016 e 2021, em termos de crescimento anual, as quais são:

– Gerente de sustentabilidade (30%)

– Técnico de turbinas eólicas (24%)

– Consultor solar (23%)

– Ecologista (22%)

– Especialista em saúde e segurança ambiental (20%)

Outras Notícias

Ver todas

Conhecimento e informação nos conecta

Compartilhamos conteúdo do seu interesse

  •  

Serviços

Ver todos

Soluções dedicadas ao empresário brasileiro

Conheça nossos serviços para a sua empresa.

Eventos

Ver todos

Agenda dos Eventos Empresarias

Participe dos eventos organizados por entidades que apoiam os empresários do Brasil.

Busca

Fechar

Categorias de Serviços

Fechar

Entidades

Fechar
Logomarca Hotpixel