1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Login
Redes Sociais
Portal Empreender
Empreender
Home / Empreender /

PR: Núcleo das Lojas de Materiais de Construção participa da Feicon Batimat em SP

Cerca de 960 quilômetros separam a cidade de Toledo da capital paulista. Distância que o Núcleo da ACIT percorreu em caravana para visita técnica à Feicon Batimat

18 de abril de 2019 - 08:29

Os empresários saíram de Toledo na terça-feira (09) e antes de ir a uma das maiores feiras voltadas à construção civil, na América Latina, eles passaram pelo Grupo Perlex, especialista em materiais elétricos e plásticos e na unidade da Perfil – Fios Elétricos, também localizada em São Paulo.

A visita técnica faz parte do projeto contemplado no Edital do Empreender 2017-2019, da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), em parceria com a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Em sua 25ª edição, a Feicon Batimat foi realizada no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center e reuniu os principais revendedores e distribuidores do segmento, para apresentação de lançamentos, produtos e novas tecnologias ligadas à construção civil.

Acompanhados por uma consultora do Programa Empreender, da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit), o objetivo da viagem foi a troca de informações com empresários do mesmo segmento e estados distintos. Além disso, o grupo foi em busca de novidades que podem ser aplicadas na cidade de Toledo.

Para o integrante do Núcleo das Lojas de Materiais de Construção e coordenador das ações do projeto, Paulo Brixner, a viagem trouxe mais conhecimento na bagagem de todos. “Fomos muito bem recebidos nas visitas ao grupo Perlex e na Perfil. Eles abriram as portas para que pudéssemos ver os processos de produção, a preocupação com a segurança dos funcionários e visitantes, a qualidade dos produtos a serem colocados no mercado, para que realmente possam atender as expectativas dos clientes e inclusive superá-las”, conta.

O empresário ressalta que esta foi uma grande novidade para o Núcleo. “Ainda não tínhamos visitado esse tipo de produção. Foi satisfatório sentir a preocupação em colocar qualidade no mercado, além de serem produtos nacionais, gerando riqueza e empregos no nosso país.”

“Já a Feicon, neste ano, estava bastante diversificada. Empresas de grande porte, estandes com muitos produtos, inovações, destaque para a preocupação com o meio ambiente, como tijolos ecológicos, casas inteligentes, com soluções práticas e baratas, além de ferramentas que facilitam o trabalho na construção civil, maximizando a produção e minimizando o tempo e desperdício”, relata Brixner.

Diogo Dal Pozzo, também integrante do Núcleo, completa que a visita técnica às indústrias darão credibilidade aos empresários de Toledo. “Conseguimos tirar muitas dúvidas no momento em que vimos os produtos serem fabricados, o que nos ajudará nos próximos atendimentos. Na Feicon, vimos muitos lançamentos para nosso setor, tendências de mercado e também pudemos estreitar o relacionamento com as indústrias expositoras”, conclui.

O coordenador do Núcleo, Carlos Antunes, finaliza dizendo que viagens técnicas como essa são fundamentais para manutenção dos conhecimentos e aprendizado dos empresários do setor. “As visitas nos proporcionaram saber mais sobre novas tecnologias que são pouco conhecidas, mas tem alta estimativa de crescimento e que podem nos ajudar a agilizar as construções em geral.”

O grupo de empresários retornou a Toledo na sexta-feira (12).

 

Pela Assessoria de Imprensa da Acit

Tags

Deixe seu comentário

Assessoria de Comunicação do Empreender/AL-Invest 5.0

  • Katiuscia Sotomayor
    katiuscia.sotomayor@cacb.org.br

    Joana de Albuquerque Pae
    joana.albuquerque@cacb.org.br

  • Bernardo Fonseca
    bernardo.fonseca@cacb.org.br
O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.