CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27

Empreender

Portal Empreender
Empreender
Home / Empreender /

Núcleos do Empreender participam de teste da nova metodologia do Sebrae

O Catalisa MPE, do Sebrae, foca nos princípios da inovação aberta, ou seja, integração de empresas, governo, academia e sociedade para promover a inovação

05 de outubro de 2021 - 12:35

O Catalisa MPE é a nova metodologia do Sebrae para acelerar o processo de inovação nas empresas. Para isso, a iniciativa usa os princípios da inovação aberta, conectando diversos atores do ecossistema de inovação brasileiro- governo, academia e sociedade- para buscar soluções e identificar oportunidades de mercado diferenciadas para as empresas.

O Sebrae testará a metodologia por meio de uma turma piloto, que contará com cinco grupos, sendo três deles núcleos do programa Empreender: o Núcleo de Malharias, da Associação Comercial e Industrial de Monte Sião (MG), o Núcleo de Imobiliárias, da Associação Comercial e Industrial de Cascavel (PR), e o Núcleo de Escolas Particulares, da Associação Comercial de Maceió (AL).

A CACB e o Sebrae trabalham juntos há mais de 20 anos na implementação do Programa Empreender no Brasil, que beneficiou mais de 100 mil empresas em todas as unidades federativas. O Empreender visa ao fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.

Conheça o Catalisa, a nova metodologia do Sebrae.

Tags

Deixe seu comentário

Assessoria de Comunicação do Empreender/AL-Invest 5.0

  • Katiuscia Sotomayor
    katiuscia.sotomayor@cacb.org.br

    Joana de Albuquerque Pae
    joana.albuquerque@cacb.org.br

  • Bernardo Fonseca
    bernardo.fonseca@cacb.org.br
O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.