CACB

  1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27

Empreender

Portal Empreender
Empreender
Home / Empreender /

ACE de Maringá oferece certificação para empresas alinhadas aos ODS

Conheça iniciativas de impacto social e ambiental promovidas dentro do Sistema CACB

19 de julho de 2021 - 15:00

As micro e pequenas empresas estão cada vez mais atentas em relação ao seu impacto ambiental. Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são bons indicadores para os negócios que desejam avaliar seu impacto ambiental e planejar iniciativas sustentáveis. “Quando temos os micro e pequenos negócios, que são a maioria em nosso país, aderindo a práticas para promoção social e ambiental é possível mudar a cultura de toda a sociedade”, afirma a presidente do Instituto Acim, da Associação Comercial e Empresarial de Maringá, Nadia Felippe.

Com o intuito de incorporar a sustentabilidade no planejamento e na gestão empresarial, bem como formar líderes e multiplicadores de sustentabilidade, o Instituto Acim desenvolveu uma metodologia que oferece uma certificação para empresas que possuem práticas alinhadas aos ODS: “Antes do projeto, muitas empresas tinham o desejo de se tornarem sustentáveis, mas não sabiam exatamente por onde começar, enquanto outras já tinham diversas práticas, mas muitas vezes realizadas de maneira informal e sem trazer reconhecimento para a empresa”, analisa a presidente do Instituto.

Em 2019, com a adesão de diversas empresas maringaenses ao Pacto Global e ao Movimento Nacional ODS, o Instituto Acim elaborou a Certificação dos ODS para criar multiplicadores sobre a temática e auxiliar as organizações de pequeno, médio e grande porte a gerarem impacto de valor para a comunidade e serem reconhecidas por isso. A metodologia, idealizada por especialistas na área de responsabilidade social e ambiental, possibilita o treinamento para a elaboração de estratégias sustentáveis para a construção de projetos e indicadores e para o mapeamento de práticas.

Inicialmente as empresas realizam um pré-diagnóstico, que permite aos consultores saberem o grau de desenvolvimento das iniciativas sustentáveis da empresa. Na sequência, são quatro dias de treinamento e, em seguida, as empresas se preparam para uma auditoria, isto é, a etapa final em que se verifica quantas práticas alinhadas aos ODS a empresa possui. Ao final, ela recebe um selo nas categorias ouro, prata ou bronze, que correspondem ao número de objetivos (ODS) atendidos no treinamento. Para garantir a melhoria contínua, a certificação passa por uma nova análise a cada 12 meses.

A gestora de projetos do Instituto Acim, Carolina Pimentel, explica por que, ao passarem pelo treinamento, as empresas conseguem aumentar sua competitividade e seu impacto no mercado: “Empresas com o Selo saem na frente e têm como comprovar que estão realmente engajadas e comprometidas, que não apenas falam, mas efetivamente atuam para promover questões sociais e ambientais”.

As empresas treinadas em 2021 receberão a certificação e o selo de reconhecimento dos ODS durante a terceira edição do evento Summit Pacto Global, prevista para os dias 25 e 26 de outubro. Na ocasião, será realizada a entrega de troféus para as três empresas com as melhores práticas no âmbito do projeto. O evento é uma promoção do Instituto Acim e do Movimento ODS, com apoio da Acim. O tema é “Como vencer a recessão com a sustentabilidade”.

Entre os nomes confirmados para o evento, estão o CEO da Magalu, Frederico Trajano; a Presidente da empresa Falconi e Porta-voz de Trabalho Decente e Crescimento Econômico (ODS 8), da ONU, Viviane Martins; o membro da Estratégia Nacional de Impacto Social, Lucas Maciel; e a diretora executiva do Sistema B Brasil, Francine Lemos.

 

Ideias de impacto: Conheça o Inovus

Outra ação realizada pela Acim, com apoio do AL-Invest 5.0, foi a inauguração do Inovus- Teste sua ideia, um espaço de inovação e ideação dentro da entidade, que funciona como uma imersão para estruturar projetos e processos para empresas.

Em novembro de 2020, foi posta em prática a primeira edição do Inovus, com a seleção de 8 ideias, entre as 36 inscritas. Os empreendedores foram acompanhados ao longo de um mês com treinamentos, consultorias e mentorias.

Entre eles, estava Evandro Farias, o CEO da Hawk Lab Sistemas, uma startup especializada em performance de vendas por meio da gamificação. Evandro reconhece a oportunidade que a Acim e a CACB proporcionaram por meio do Inovus: “Passar por mentorias exclusivas com membros dos maiores pólos desenvolvedores do sul do Brasil, conviver com outras startups de tecnologia e setores tão diferentes e alinhar tudo isso ao nosso plano de desenvolvimento foi determinante para o nosso caminho até aqui”. O empresário conta que o resultado da aplicação da metodologia foi imediato: “Evoluímos um ano em um mês. Com o Inovus, foi possível alinhar os objetivos do negócio com o sócio desenvolvedor. Logo em seguida, fomos aprovados em um dos maiores programas de aceleração do sul do Brasil”.

A segunda edição do Inovus, realizada em 2021, é voltada para ideias de impacto. Como explica a gerente operacional da Acim, Jacqueline Fenilli, na nova edição, a seleção dos projetos levou em conta o vínculo das propostas com os ODS. “Os projetos passaram pelo exame de uma banca, que avaliou se os projetos propõem solucionar problemas ou necessidades sócio-ambientais ou, ainda, se causam um impacto positivo em uma comunidade ou grupo de pessoas”. Nessa edição, foram 8 projetos selecionados entre 41 inscritos.

As ideias selecionadas serão apresentadas no Impacta Maringá, um evento da Acim voltado para o tema “impacto social”, que ocorrerá nos dias 27 e 28 de julho. Além dos projetos do Inovus, o evento traz palestras e mesas redondas, com transmissão pelo Youtube da Acim.

 

AL-Invest Verde

Após executar o AL-Invest 5.0 no Brasil, a CACB participa da nova chamada de projetos da União Europeia: o AL-Invest Verde. Com a iniciativa, a Comissão Europeia aposta no crescimento sustentável e na criação de empregos, apoiando as micro e pequenas empresas latino-americanas na transição para uma economia circular, eficiente em termos de recursos e com baixa emissão de carbono.

A nova edição do AL-Invest, bem como as ações desenvolvidas no âmbito do Sistema CACB, vão ao encontro da agenda da Organização das Nações Unidas (ONU) e dos 193 países, incluindo o Brasil, que se comprometeram com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Para dar destaque aos esforços de diversas instituições na promoção da Agenda 2030, que compreende 169 metas a serem atingidas até 2030, o programa Empreender lança uma série de reportagens para mapear as ações desenvolvidas no Brasil no rumo da economia “verde”. O conteúdo é direcionado para identificar exemplos sustentáveis brasileiros nos âmbitos local e nacional, na iniciativa pública e privada, que se relacionem às diretrizes do AL-Invest Verde e aos ODS da ONU.

Leia também: https://cacb.org.br/empreender/uniao-europeia-investe-no-crescimento-sustentavel-de-empresas-na-america-latina/

Tags

Deixe seu comentário

Assessoria de Comunicação do Empreender/AL-Invest 5.0

  • Katiuscia Sotomayor
    katiuscia.sotomayor@cacb.org.br

    Joana de Albuquerque Pae
    joana.albuquerque@cacb.org.br

  • Bernardo Fonseca
    bernardo.fonseca@cacb.org.br
O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.