1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Login
Redes Sociais
Portal Empreender
Empreender
Home / Empreender /

A receita do sucesso é doce: Associativismo muda a vida de doceiras no interior de Alagoas

Conheça o grupo de doceiras de Palmeira dos Índios (Alagoas), que foi reconhecido mundialmente como case de sucesso em 2017

11 de maio de 2020 - 15:25

O associativismo, além de ser uma ferramenta para o crescimento competitivo das empresas, representa espaço para diálogos produtivos, circulação de informações confiáveis e até de vínculo, encontro e união para os empresários. Principalmente nesse momento, em que os empresários brasileiros, assim como a população em geral, passam por um momento de incertezas e sentimento de impotência diante da pandemia da COVID-19.

Uma série de casos de sucesso faz parte da nova etapa da campanha do programa Empreender, com o objetivo de mostrar exemplos de como o associativismo empresarial já ajudou pequenos negócios em momentos de crise.

Em Palmeira dos Índios, município do interior de Alagoas, um programa de rádio local anunciava o Programa Empreender. Foi assim que donas de casa da região souberam do projeto e se empenharam na fabricação de doces em conjunto, com objetivo de aumentar a renda de suas famílias. A iniciativa foi bem sucedida e uma pequena empresa, formada por 10 mulheres, foi montada passando a comercializar os produtos nos supermercados.

O grupo, que antes do projeto não possuía recursos ou organização, apenas a força das mulheres nordestinas, com o apoio da Associação Comercial de Palmeira dos Índios e da CACB, implementou várias ações em prol do desenvolvimento empresarial.

As doceiras do grupo Sonho Real passaram por um diagnóstico e um plano de ação para organizar e permitir uma produção conjunta, padronização e expansão da gama de produtos e ações para promover a abertura do mercado local para venda dos doces fabricados. Além disso, também houve empenho em estabelecer parcerias com ONGs e sua inclusão na Incubadora de Empresas de Palmeira dos Índios, gerenciada pela Associação Comercial.

Todo esforço resultou na inauguração de uma fábrica de doces e na realização de um grande sonho dessas mulheres, que agora são capazes de garantir a subsistência de muitas famílias na cidade de Palmeira dos Índios. 

Reconhecimento mundial

Em 2017, o grupo de doceiras Sonho Real venceu um prêmio mundial na categoria “Melhor projeto corporativo com responsabilidade social” no WCC, a Competição Mundial das Câmaras. O projeto foi apresentado pela CACB, na Austrália.

Além do prestígio, o grupo conseguiu implementar um sistema de código de barra para os produtos. O intuito da adoção da tecnologia foi promover a distribuição dos doces para redes de supermercado, já que, na época, era feita de porta em porta pela cidade.

Segundo o consultor da Associação Comercial de Palmeira dos Índios, José Maciel da Silva, a importância desse tipo de iniciativa é a força institucional dada ao empreendedor: “Uma coisa é buscar viver na caminhada empreendedora sozinho, outra é a representação institucional, que faz ganhar peso e fortalece a união dos empresários”.

Veja o vídeo que saiu no Portal G1: https://goo.gl/qRfik5

Empreender

O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa ao fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.

O programa funciona no Brasil há mais de 20 anos, tendo atendido aproximadamente 70 mil empresas em todas as unidades federativas, e já foi premiado internacionalmente como um dos melhores projetos para o desenvolvimento de micro e pequenas empresas, pelo ICC (International Chambers of Commerce), em Paris.

 

#SomosTodosEmpreendedores

A nova etapa da campanha abrange diversos temas de interesse do empresariado, com um enfoque comum: a empatia. Com a proposta de que o empresário se coloque no lugar do outro neste momento de crise, a intenção é ajudá-lo a não desistir de empreender e reinventar-se para a retomada da economia, que será um outro desafio.

“A ideia é fortalecer o empreendedor de micro e pequeno negócio que está, muitas vezes, desesperado e sem visão de futuro. A economia vai se recuperar após essa crise e precisamos focar nessa retomada, que vai acontecer”, aponta Carlos Rezende, coordenador executivo da CACB e coordenador do Programa Empreender. Mas é necessário ter responsabilidade e empatia, destaca: “Preocupamo-nos com a empresa, com os colaboradores e com a sociedade. Desistir agora pode ter um custo ainda maior que tentar manter-se no mercado. E o associativismo pode ajudar.  Por meio da capilaridade do sistema de associações comerciais, por exemplo, com parcerias e com troca de experiências. No programa Empreender, os núcleos setoriais continuam investindo na capacitação e em mentorias com consultores para auxiliar o empresário nesta fase “.

Empreender é tentar. É decidir. É realizar. Nenhuma situação é igual, mas empatia é para todos. Neste momento de crise, o programa Empreender sugere que se faça o mínimo para enfrentar um desafio que atinge o mundo inteiro: colocar-se no lugar do outro.

Acompanhe e compartilhe os posts nas redes sociais. Siga o Instagram @programaempreendercacb.

Tags

Deixe seu comentário

Assessoria de Comunicação do Empreender/AL-Invest 5.0

  • Katiuscia Sotomayor
    katiuscia.sotomayor@cacb.org.br

    Joana de Albuquerque Pae
    joana.albuquerque@cacb.org.br

  • Bernardo Fonseca
    bernardo.fonseca@cacb.org.br
O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.