1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Redes Sociais
Login Sistemas

Para efetuar o login, selecione o sistema utilizando os botões abaixo:

Sistema Câmara Sistema PACE Loja CBMAE
Home / CBMAE / RECOMENDAÇÃO

Em nota oficial, OABRJ sugere uso de meios extrajudiciais para prevenir colapso no Poder Judiciário

Ideia é resolver com agilidade e baixo custo os conflitos que surgirem ou que estejam em curso durante a crise

30 de abril de 2020 - 12:11

Foto: Reprodução

Em nota divulgada nesta quinta-feira (30), a Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Estado do Rio de Janeiro, recomendou o uso e o incentivo aos Meios Extrajudiciais de Solução de Controvérsias (MESCs), a fim de administrar da melhor forma possível o período de crise que vivemos em função da Covid-19, com o objetivo de evitar um colapso no Judiciário. Leia, abaixo, a nota na íntegra.

Nota Oficial

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Estado do Rio de Janeiro, vem a público sugerir a todos os colegas da advocacia a adoção dos meios extrajudiciais de solução de controvérsias, neste cenário crítico da pandemia de Covid-19.

Como é de conhecimento de todos, o mundo vive hoje uma crise de saúde sem precedentes na história recente. Diante desta infeliz realidade, os países afetados, ao redor do mundo, começaram a implementar medidas enérgicas para conter a proliferação do vírus, como a determinação de distanciamento social, a suspensão de atividades escolares e o fechamento do comércio.

Essas medidas, como não poderia ser diferente, vêm causando um enorme impacto político, social e econômico em todo o planeta. No Brasil, mais de cinco mil pessoas já foram vítimas do novo coronavírus, deixando um sem-número de famílias em luto. No plano econômico, o país enfrenta um desafio sem precedentes, com a perda de milhares de empregos, a rescisão ou tentativa de revisão de contratos de todas as naturezas e o aumento expressivo de recuperações judiciais e falências.

Esse cenário apresenta, inegavelmente, uma série de repercussões jurídicas. A forte tendência é a de que o número de litígios cresça exponencialmente, abarrotando ainda mais o nosso Poder Judiciário e os tribunais do país. É preciso evitar essa consequência, ou pelo menos conter os seus reflexos. Neste momento, da mesma forma que precisamos fazer sacrifícios para preservar o sistema público de saúde, precisamos também nos engajar para evitar o colapso do Poder Judiciário.

Nesse sentido, a atuação firme da classe de advogados é de fundamental importância. É a advocacia que, neste grave contexto, pode orientar os seus clientes a adotar, nos conflitos em curso ou naqueles que podem vir a surgir, os meios extrajudiciais de solução, principalmente a mediação, a conciliação, a arbitragem e o sistema de comitês de resolução de conflito (‘dispute boards’).

Como indicam todas as estatísticas, essas vias alternativas têm a capacidade não apenas de poupar o Poder Judiciário, mas principalmente de levar a soluções de benefício mútuo, que sejam rápidas, menos custosas (financeira e emocionalmente) e confidenciais. Isso sem qualquer risco para o advogado ou para a advogada, que tem seus honorários preservados nesse âmbito. Portanto, esses meios extrajudiciais podem representar uma valiosa ajuda, de nossa parte, no enfrentamento dos reflexos da crise.

Assim, sugere-se aos colegas que, no exercício de seu múnus público e de sua responsabilidade social, busquem colocar em prática esses valiosos instrumentos que têm à mão, incentivando a mediação, a conciliação, a arbitragem e a implementação de comitês de resolução de conflito, a fim de que essa situação crítica seja administrada da melhor forma possível.

A Seção do Estado do Rio de Janeiro permanecerá, nesse e em todos os momentos pelos quais viermos a passar, à disposição para auxiliar advogados e advogadas no cumprimento de sua relevante missão.

Rio de Janeiro, 30 de abril de 2020.
Luciano Bandeira
Presidente da OABRJ

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311
A CBMAE é uma das precursoras na disseminação dos MESCs no Brasil. É o órgão operacional da CACB que tem um papel importante na difusão e no compromisso para o processo de mudança da cultura do litígio para a da pacificação e para o aperfeiçoamento constante dos processos de prevenção e gestão de resolução de conflitos empresariais, provocando um ambiente favorável à negociação, de maneira colaborativa e sustentável.
  • Brasília

    Telefone (61) 3321 1311 (61) 3321 1311

    SCS Quadra 3 Bloco ‘A’ Edifício CACB nº 126 - Asa Sul
    Brasília - DF Cep: 70.313-916

  • Belo Horizonte

    Telefone (31) 3078 7000

    Av. Afonso Pena nº 726 15º andar Centro
    Belo Horizonte (MG) Cep: 30.130-003

  • São Paulo

    Telefone (11) 3180 3434

    Rua Boa Vista nº 51 2º Subsolo Centro
    São Paulo (SP) Cep: 01.014-001

  • Espírito Santo

    Telefone (27) 3323 1109

    Av. Nossa Senhora dos Navegantes, 955 Enseada do Suá Edifício Global Tower, Térreo
    Vitória (ES) Cep: 29.050-335

  • Maranhão

    Telefone (98) 3133 5800

    Praça Benedito Leite, 264 Centro
    São Luis (MA) Cep: 65010-080

  • Pará

    Telefone (91) 4005-3900

    Av. Presidente Vargas, 158 Comércio
    Belém (PA) Cep: 66.010-000

  • Santos

    Telefone (13) 3212-8200

    Rua XV de Novembro, 137 Centro Histórico
    Santos (SP) Cep: 11010-151