Imprensa
FEIRÃO

Brasileiros pagaram quase R$ 800 bilhões em imposto

23 de maio de 2016 às 17:19
Diferença de preços atraiu curiosidade dos visitantes

Diferença de preços atraiu curiosidade dos visitantes

 

O Feirão do Imposto, realizado na sexta-feira (20/05), pelo Conselho Empresarial (CE) Jovens Empreendedores da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRio), surpreendeu positivamente e levou aos visitantes o impacto do que seriam os produtos sem o peso dos impostos que os brasileiros pagam. A avaliação é do vice-presidente do CE e coordenador do evento no Rio, Leandro Almeida. O evento se encerrou com o impostômetro medindo o pagamento de quase R$ 800 bilhões em impostos pagos pelo brasileiro.

“O evento foi bem positivo, as pessoas compareceram para ver os produtos. Enquanto a população não fiscalizar, não cobrar ver no dia a dia dele o quanto está doendo no bolso e quanto o governo não retorna, as pessoas precisam acordar”, disse.

Dezenas de pessoas que circulavam pela Rua da Candelária, no Centro do Rio de Janeiro, observaram de perto como a redução dos impostos poderia impactar positivamente o preço de produtos, como dos alimentos.

Produtos alimentícios: em alguns casos, a diferença chegar a ser maior que 30%.

Produtos alimentícios: em alguns casos, a diferença chegar a ser maior que 30%.

 

O presidente do CE, Mateus Aguiar dos Santos, disse que o feirão tem como objetivo conscientizar a população sobre como tem sido os gastos com os impostos. “Estamos trazendo a mensagem de o quanto tem de imposto em cada produto, mas como podemos envolver a população e engajar ela na cobrança para que os impostos sejam investidos da melhor maneira? O maior problema do que ter alta taxa tributária é não ter o retorno desse dinheiro em serviços públicos e benefícios para a população”, completou.

O presidente da ACRio, Paulo Protasio, disse que o mais importante para a população é ter consciência do que está ocorrendo com a economia atual.

Presidente do CE, Mateus Aguiar dos Santos (direita), expõe diferenças para visitante.

Presidente do CE, Mateus Aguiar dos Santos (direita), expõe diferenças para visitante.

“O estado está propondo a aumentar mais os impostos e quem paga é a cidadania. A empresa embute o preço que é atribuído ao estado. Quem fica com a maior parte? Basta ver a prateleira para ver os preços com impostos e sem impostos. Quando chega em produtos como eletrodomésticos, celular, dá para ver então que a garfada é muito maior. Ou a cidadania ganha essa conscientização ou a gente perde espaço”, disse.

Para Protasio, um dos mais importantes espaços para exercer a cidadania é pelo voto, mas lamenta que grande parte dos cariocas e fluminenses não estejam dando valor às eleições municipais, que serão realizadas este ano.

“Há um drama que estamos vivendo: 73% dos cariocas revelaram que eleição municipal não tem importância. Isso é um desastre para qualquer país. É preciso ver que o voto é o que faz a diferença”, completou.

O feirão expõe as diferenças de preços de cada produto. Em frutas, o imposto abocanha 11,89% do preço total do produto. Essa incidência chega a 37,44% na água mineral e a incríveis 72,18% quando se trata de equipamento eletroeletrônicos.

Membros do conselho usaram camisetas com lema do feirão deste ano: Bumerangue do imposto – o único que vai e não volta.

Membros do conselho usaram camisetas com lema do feirão deste ano: Bumerangue do imposto – o único que vai e não volta.

O mensageiro José Maria Bezerra Lima, que visitou o feirão, disse que os impostos não refletem benefícios para a população e disse que a classe política deveria rever o tamanho da carga tributária cobrada no Brasil. Para ele, com menos impostos seria melhor para o País.

“Sobraria mais dinheiro para saúde, educação. Sou de acordo de que deveríamos ter uma reforma geral nesse País”, completou.

Fonte: ACRio

Últimas Notícias

CACB aponta avanços e pendências na reforma tributária CACB aponta avanços e pendências na reforma tributária
Reforma Tributária 18 de julho de 2024 às 18:21

CACB aponta avanços e pendências na reforma tributária

Novo regime de origem do Mercosul simplifica regras e fortalece o comércio Novo regime de origem do Mercosul simplifica regras e fortalece o comércio
Comércio Internacional 18 de julho de 2024 às 15:14

Novo regime de origem do Mercosul simplifica regras e fortalece o comércio

Facerj promove seminário sobre Economia do Mar Facerj promove seminário sobre Economia do Mar
FACERJ 18 de julho de 2024 às 15:00

Facerj promove seminário sobre Economia do Mar

Facer lança o projeto Liquida Rolim, que promete movimentar diversos setores da economia local Facer lança o projeto Liquida Rolim, que promete movimentar diversos setores da economia local
Rondônia 18 de julho de 2024 às 13:51

Facer lança o projeto Liquida Rolim, que promete movimentar diversos setores da economia local

Conexão Faciap é realizado na ACIG Conexão Faciap é realizado na ACIG
Encontro 18 de julho de 2024 às 13:47

Conexão Faciap é realizado na ACIG

Presidente da Federaminas recebe homenagem no estado Presidente da Federaminas recebe homenagem no estado
Federaminas 17 de julho de 2024 às 16:40

Presidente da Federaminas recebe homenagem no estado

Serviços

Ver todos

Soluções dedicadas ao empresário brasileiro

Conheça nossos serviços para a sua empresa.

Conhecimento e informação nos conecta

Compartilhamos conteúdo do seu interesse

  •  

Eventos

Ver todos

Agenda dos Eventos Empresarias

Participe dos eventos organizados por entidades que apoiam os empresários do Brasil.

Busca

Fechar

Categorias de Serviços

Fechar

Categorias de Vídeos

Fechar

Entidades

Fechar
Logomarca Hotpixel