1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Home / Notícias / MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

BNDES reduz custos de linhas de crédito e amplia prazos

Linhas de crédito integram pacote de R$ 83 bi anunciado pelo governo. R$ 15 bilhões serão destinados para empresas refinanciarem dívidas

03 de fevereiro de 2016 - 18:58
Presidente do BNDES, Luciano Coutinho, anuncia redução de custos de linhas de crédito para empresas (Foto: Lilian Quiano/G1)

Presidente do BNDES, Luciano Coutinho, anuncia redução de custos de linhas de crédito para empresas (Foto: Lilian Quiano/G1)

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) detalhou nesta terça-feira (2) as novas linhas de crédito para melhorar o crédito e o capital de giro de micro e pequenas empresas, além de melhorar condições de apoio a empresas exportadoras. As medidas integram o pacote de crédito de R$ 83 bilhões anunciado pelo governo no último dia 28.

Segundo o banco, as novas linhas devem estar disponíveis na rede bancária até o fim de fevereiro.

Refinanciamento de dívidas

Para fortalecer o caixa das empresas, o programa Refin 2016 vai permitir o refinanciamento de dívidas de empresas que fizeram empréstimos para compra de máquinas e equipamentos. O BNDES vai oferecer a possibilidade de adiamento de parcelas do pagamento do principal para o final do contrato.

“Damos um financiamento para, no curto prazo, prorrogar a amortização, como se fosse uma carência. O refinanciamento é feito a um custo de mercado e, dependendo do prazo, o valor será capitalizado ao longo do período”, explicou o presidente do banco, Luciano Coutinho.

O programa prevê o adiamento de até 12 parcelas de pagamento do principal para pagamento no final do contrato em até 24 parcelas corrigidas pela Selic. “Vamos deixar o agente financeiro refinanciar essas parcelas em até 24 meses. Eles conhecem as empresas, terão prudência bancária e capacidade de avaliar a adequação desse processo de refinanciamento”, disse.

O estoque potencial de operações que podem ser refinanciadas pode chegar a R$ 15 bilhões, segundo o BNDES.

Leia Mais: G1

Tags

Deixe seu comentário

Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis

  • Neusa Galli Fróes
    Froés berlato associadas

    Erick Arruda
    erick.arruda@cacb.org.br
  • neusa@froesberlato.com.br
    Telefones:
    (51) 3388 6847 / (51) 9123 6847

    E-mail geral da imprensa: imprensa@cacb.org.br
    Contato: (61) 3321 1311