Imprensa

Notícias

Economia

Banco Central gasta R$ 89 bilhões contra alta do dólar em 2015

6 de janeiro de 2016 às 18:21 Compartilhe

As intervenções do Banco Central sobre o preço do dólar geraram gastos de R$ 89,7 bilhões em 2015. O valor é acotado em moeda nacional e contribuiu para aumentar a dívida pública.

A quantia foi gasta por meio da negociação de contratos de swap cambial, que equivale à venda de dólares no mercado futuro.

dolar

Com o instrumento, o Banco Central compensa o investidor pela variação do dólar até o vencimento do contrato. Em troca, o comprador paga juros sobre o valor do contrato.

Quando os juros superam a variação do dólar, quem ganha é o Banco Central. Quando o oposto ocorre, ganham os investidores.

O custo com o swap em 2015 foi recorde. Em 2014, por exemplo, o gasto foi de US$ 17,3 bilhões. Em anos anteriores, houve até lucro.

Segundo a instituição, ao oferecer proteção contra a alta do dólar, o swap reduz a demanda pela moeda estrangeira, o que ajuda a manter seu valor sob controle.

Dados já apresentados pelo BC mostram que 80% dos mais de US$ 100 bilhões em contratos de câmbio estão nas mãos de empresas que têm dívidas ou custos atrelados à moeda estrangeira e de investidores estrangeiros que buscam proteção para não ter de deixar o país. Os outros 20% estão com fundos de investimento no Brasil.

Leia Mais: Folha de S.Paulo

Conhecimento e informação nos conecta

Compartilhamos conteúdo do seu interesse

  •  

Buscar

Compartilhe

Banco Central gasta R$ 89 bilhões contra alta do dólar em 2015

Federações

Entidades por estado: