1. Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil

  2. 27
Login
Redes Sociais
Portal Empreender
Empreender
Home / AL-Invest 5.0

AL-Invest 5.0

O AL-Invest é um dos programas de cooperação econômica mais bem sucedidos da União Europeia na América Latina, cujo objetivo é apoiar o desenvolvimento empresarial na região, reduzindo a pobreza por meio do aprimoramento da produtividade das micro, pequenas e médias empresas (MPEs), promovendo o seu desenvolvimento sustentável.

Em 2015, a Comissão Europeia lançou a quinta edição do programa, cujo foco é promover o crescimento baseado no associativismo empresarial. O consórcio de execução é formado por 11 organizações: a líder Câmara de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo de Santa Cruz, na Bolívia (Cainco), a Câmara de Comércio de Lima (Peru), a Câmara Nacional de Comércio e Serviços do Uruguai, a Associação Guatemalteca de Exportadores (AGEXPORT), a Câmara de Comércio da Costa Rica e a Câmara de Comércio e Indústria de El Salvador, Banco Interamericano de Desenvolvimento (EUA), a Câmara de Comércio de Paris (França), Eurochambres (Bélgica), a Sequa (Alemanha) e a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

Como representante brasileira no consórcio executor, a CACB executa os projetos juntos às Associações e Federações Comerciais, investindo recursos em atividades como capacitações, consultorias e participação em rodadas de negócios e missões empresariais.

A CACB, ainda, monitora os projetos contemplados no Edital de Apoio Financeiro a Terceiros (AFT), que recebem recursos diretamente da União Europeia. As entidades brasileiras que possuem projetos AFT são o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa do Pará (Sebrae/PA), a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal).

O Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial.