Brasil - 22 de julho de 2017 - 03:57
Notícias / PARAÍBA
17 de julho de 2017 - 10:15

Presidente da ALPB garante rever leis que prejudicam o comércio e a economia

Marcos Procópio, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande, foi recebido pelo presidente da ALPB, deputado Gervásio Maia Filho (PSB)

Marcos Procópip ACCG ALPBO presidente da Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande (ACCG), Marcos Procópio (foto), foi recebido em audiência no início da noite de sexta-feira, (14), na capital paraibana, pelo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Gervásio Maia Filho (PSB). Marcos Procópio liderou uma comitiva integrada por dirigentes da ACCG e representantes de outros setores empresariais de João Pessoa.

Durante o encontro, que aconteceu na sede do antigo hotel “Paraíba Pálace”, o presidente da ACCG afirmou que aquela era uma visita com caráter de “cortesia” à Presidência da Assembleia Legislativa. Mas, durante o encontro, Marcos Procópio informou que, preocupada com efeitos da crise econômica e das inovações tecnológicas no mercado, a Associação Comercial criou um movimento de união da sociedade, reunindo, inicialmente, representantes de sindicatos de trabalhadores e de empregadores, cujo objetivo é a geração de empregos em nosso estado. Logo após, Marcos Procópio convidou o parlamentar para se unir à iniciativa que defende um “Pacto pelo Emprego”.

Para justificar a iniciativa, Marcos Procópio apresentou cenários da economia e do mercado de trabalho, a partir do avanço das novas tecnologias, do comércio eletrônico e, consequentemente, da mudança no hábito de consumo da sociedade.

Segundo Marcos Procópio, essas alterações estão acontecendo de forma muito rápida e, no caso específico, o presidente da Associação Comercial alertou que os representantes legislativos também precisam estar atentos para os novos fatos que estão impactando a vida das empresas e das pessoas.

O presidente da ACCG declarou que, diante do quadro de mudanças que está surgindo, se faz necessária a criação de ambientes competitivos que possam garantir a sobrevivência das empresas e do emprego, e que o poder legislativo exerce um grande papel nesse contexto.

O líder empresarial campinense lembrou que vários municípios paraibanos, por conta da violência, estão ficando sem agências de bancos, Correios e correspondentes bancários, privando a população de ter acesso aos serviços básicos oferecidos por essas instituições. Nesses casos, segundo o presidente da ACCG, perde a população, perde o comércio e o emprego, uma vez que os consumidores estão migrando para outros centros. “O que nos preocupa é omissão dos poderes responsáveis para reverter essa situação”, sublinhou Marcos.

Marcos Procópio ACCG ALPB

Acompanhado do presidente da Associação Comercial de João Pessoa, Rafael Bernardino; dos empresários Cícero Bernardo (Associação de Supermercados da Paraíba), Anchieta Bernardino, Sidney Toledo e Tito Mota (ACCG), Bruno Agra (Sindicato dos Postos de Gasolina), além do deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), Marcos Procópio ressaltou que a economia da Paraíba poderia ser mais competitiva e gerar mais empregos. Entretanto, ele lembrou que as empresas perdem tempo e dinheiro na gestão de impostos, taxas e outros tipos de imposições criadas pelos poderes executivo ou legislativo, que na visão dos empresários “mais atrapalham do que ajudam no desenvolvimento econômico”. Em seguida, o presidente da Associação Comercial sugeriu ao deputado Gervásio Maia a necessidade da Casa Legislativa reavaliar determinadas legislações para que a Paraíba possa ter um ambiente mais favorável ao desenvolvimento econômico.

Por sua vez, o presidente da ALPB demonstrou sensibilidade às questões apresentadas pelas lideranças empresariais da Paraíba presentes naquele encontro, concordando com os pontos de vistas apresentados pelas entidades. O deputado Gervásio Maia agradeceu pela visita e afirmou que também se preocupa com as mudanças que estão impactando na vida da sociedade.

Além de se colocar à disposição da ACCG, o presidente da ALPB solicitou que a entidade apresentasse as reivindicações a partir de 1º de agosto, período em que a Assembleia Legislativa volta do recesso parlamentar, apontando as matérias mais urgentes, para que elas possam ser reavaliadas.

Ao final do encontro, o deputado Gervásio Maia garantiu presença na próxima reunião da ACCG com as lideranças sindicais, e convidou a comitiva para conhecer os novos ambientes administrativos da Assembleia Legislativa que estão sendo instalados na antiga sede do “Paraíba Pálace”, no Ponto de Cém Rés.

Fonte: ACCG

Deixe seu comentário
Imprensa CACB - Jornalistas Responsáveis
Revistas